MENU

Sem crises com apelidos, Cicinho e Adriano são apresentados no Verdão

Sem crises com apelidos, Cicinho e Adriano são apresentados no Verdão

Atualizado: Quarta-feira, 19 Janeiro de 2011 as 8:55

Um tem o apelido de um ex-lateral do rival São Paulo. O outro remete ao cantor que teve vida atribulada e carreira brilhante na música. Em comum, Cicinho e Adriano Michael Jackson esperam brilhar com a camisa do Palmeiras. Na descontraída apresentação dos atletas na tarde desta terça-feira, na Academia de Futebol, eles comentaram sobre como ganharam os apelidos.

Aos 24 anos, o lateral-direito Alex Sandro virou Cicinho quando ainda integrava as categorias de base do Paulista de Jundiaí. Ele contou que ganhou o apelido por ter feito um gol semelhante ao do lateral são-paulino em uma mesma semana.

- Não tenho problemas com isso. Ser parecido com um grande jogador não é algo ofensivo. Eu até tentei tirar, mas acabou pegando – disse o novo camisa 2 alviverde, emprestado pelo Oeste ao Alviverde até o fim do ano.

Já Adriano ficou conhecido como Michael Jackson quando jogou pelo América-RJ. O atleta atuava de luvas nos dias frios e logo o apelido vingou entre os torcedores.

- Aí eu comecei a fazer passinhos (imitando o cantor) e isso vem dando certo. Espero que aqui aconteça a mesma coisa, que eu possa fazer um gol e dançar – disse o atacante de 22 anos, que foi envolvido na negociação da transferência de Edinho para o Fluminense.

Na tarde desta terça-feira, ambos participaram do coletivo visando a partida com o Ituano, marcada para quinta-feira, em Piracicaba, pela segunda rodada do Paulistão. Ainda sem saberem se estarão escalados, eles já se colocam à disposição de Luiz Felipe Scolari e rejeitam o rótulo de apostas.

- Não  me considero uma aposta. A diretoria já viu o meu trabalho, o que posso render e vou trabalhar para render o mesmo que fiz no Santo André. Quero fazer bons jogos - disse Cicinho.

veja também