MENU

Sem espaço na F-1, Nelsinho Piquet correrá pela Nascar em 2010

Sem espaço na F-1, Nelsinho Piquet correrá pela Nascar em 2010

Atualizado: Terça-feira, 12 Janeiro de 2010 as 12

Sem conseguir uma equipe para correr na F-1, o piloto brasileiro Nelsinho Piquet afirmou nesta terça-feira, dia 12, por meio de seu site oficial, que correrá na temporada 2010 pela Nascar, nos Estados Unidos. Ele chegou a fazer testes na categoria de picapes no ano passado.

Nelsinho lamentou não ter conseguido sucesso em sua passagem pela F-1 e disse que a ambição pesou para acertar com a categoria americana.

"Eu tinha que escolher uma direção e essa [correr pela Nascar] foi uma decisão difícil a ser tomada. Ser bem sucedido na F-1 sempre foi o meu objetivo, mas aprendi que felicidade é tão importante quanto ambição. Meus primeiros 18 meses na F-1 não saíram exatamente como planejado, então decidi focar em algo diferente e escolhi competir na América do Norte", disse Nelsinho.

"A Nascar é extremamente competitiva e jamais alguém 'de fora' conseguiu chegar e vencer na categoria. Será um desafio incrível e algo totalmente novo para mim. Sempre estive aberto a desafios e me dedicarei ao máximo nesta nova fase", continuou.

Nelsinho foi pivô de um dos maiores escândalos da F-1 ao denunciar que forçou um acidente no GP de Cingapura de 2008 para provocar a entrada do safety car. Com isso, beneficiou seu então companheiro na Renault, Fernando Alonso, que acabou vencendo a prova.

O brasileiro apontou o então chefe da escuderia francesa, o italiano Flavio Briatore, e o engenheiro chefe da equipe, Pat Symonds, como mentores do incidente.

Após investigações, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) decidiu dar uma advertência à Renault, que será suspensa por dois anos da categoria caso volte a cometer uma infração. Briatore foi banido da categoria, e Symonds foi suspenso por cinco anos.

Nelsinho não foi punido, assim como Alonso. O resultado da corrida foi mantido.

veja também