MENU

Sem estrelas, Timão defende a liderança contra a Ponte Preta no Majestoso

Sem estrelas, Timão defende a liderança contra a Ponte Preta no Majestoso

Atualizado: Quarta-feira, 3 Fevereiro de 2010 as 12

Jogar com uma equipe mista não é sinônimo de maus resultados no Corinthians. Em cinco rodadas do Campeonato Paulista, Mano Menezes aproveitou para mesclar reservas com titulares e o resultado já agrada: a liderança. Nesta quarta-feira, sem suas principais estrelas, Ronaldo e Roberto Carlos, o Timão estreia a nova camisa, e tenta abrir vantagem na primeira colocação contra a Ponte Preta, às 21h50m (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. A TV Globo SP transmite a partida, e você acompanha também, em Tempo Real, no GLOBOESPORTE.COM.

No último domingo, o Timão passou sufoco, mas conseguiu quebrar o tabu de quase quatro anos sem bater o arquirrival Palmeiras, gol de Jorge Henrique. O resultado colocou o clube do Parque São Jorge isolado na ponta da classificação, com 11 pontos, um a mais que Santos e Botafogo. Apesar disso, o treinador alvinegro faz um alerta sobre os perigos de enfrentar as equipes do interior.

- Elas estão mostrando que a preparação mais longa faz diferença no início. É só olhar as primeiras colocações. Um resultado positivo lhe coloca para cima, mas um negativo lhe coloca para baixo. Isso comprova que sempre que um time grande não fizer sua parte, tem um alguém no interior para ocupar a vaga - explicou.

A grande preocupação da comissão técnica corintiana é garantir o quanto antes a classificação à segunda fase. Com a vaga assegurada, o Timão poderá se concentrar apenas na Taça Libertadores, grande objetivo da temporada. A equipe estreia na competição dia 24 de fevereiro, contra o vencedor do confronto entre Racing-URU e Junior-COL. No primeiro jogo, eles empataram por 2 a 2, na Colômbia.

- Quanto mais cedo conseguirmos a classificação, melhor será. Mas o campeonato ainda está no começo e isso longe de acontecer – disse o treinador.

Já a Ponte Preta tenta engrenar no torneio estadual e repetir a boa campanha de 2008, quando chegou à final, perdendo o título para o Palmeiras. Na rodada passada, a Macaca venceu o Rio Branco por 2 a 1, fora de casa, e pulou para a nona colocação, com oito pontos, apenas um abaixo do Santo André, quarto, com nove.

- A Ponte vem crescendo. O Sérgio Guedes voltou e tem a confiança de um técnico que já passou pelo clube e fez um bom trabalho. Ele arma as equipes para jogar mais ofensivamente. A Ponte começou a retomar essa qualidade, com uma passagem de lateral bastante forte. Jogar lá é sempre difícil – acrescentou Mano Menezes.

Jorge Henrique, Roberto Carlos e Ralf estão fora

A escalação não foi revelada, mas o Corinthians terá três mudanças em relação ao time que bateu o Verdão. Roberto Carlos, expulso, cumpre suspensão e deve dar lugar a Escudero, que retorna após se recuperar de dores no joelho esquerdo. Balbuena e o garoto Dodô são as outras opções para o setor.

Mano decidiu também poupar outros jogadores: o volante Ralf e o atacante Jorge Henrique deixam a equipe. As vagas devem ser preenchidas por Marcelo Mattos e Dentinho, respectivamente. Ronaldo, com uma lesão na coxa direita, só deve voltar no dia 13 de fevereiro, contra a Portuguesa.

Na Ponte Preta, Sérgio Guedes também não divulga a formação que mandará a campo. Entretanto, o zagueiro Léo Oliveira retorna de suspensão na vaga de Guilherme. Já no ataque, por uma cláusula no contrato de empréstimo, Otacílio Neto não poderá enfrentar o Corinthians, clube dono de seus direitos. Finazzi, rebaixado com o Timão em 2007, ocupa a vaga.

Por: Carlos Augusto Ferrari e Leandro Canônico

veja também