MENU

Sem férias, Liedson entra no 'plano Ronaldo' para escapar das lesões

Sem férias, Liedson entra no 'plano Ronaldo' para escapar das lesões

Atualizado: Quinta-feira, 26 Maio de 2011 as 9:50

Liedson em ação contra o Grêmio (Foto: Edu Andrade / Agência Estado)

  Enquanto não tem Emerson e Adriano à disposição, o Corinthians quer todo o cuidado possível para não perder seu principal jogador. Peça-chave no esquema do técnico Tite, o artilheiro Liedson vem recebendo uma atenção especial dos médicos para não ter lesões e desfalcar a equipe no Campeonato Brasileiro.

Os 33 anos não são problemas neste momento. A dificuldade enfrentada pelo Levezinho é com o excesso de jogos. Ele está em atividade desde agosto do ano passado, quando ainda defendia o Sporting-POR. Como foi contratado pelo Timão em fevereiro, o único período de descanso do atleta aconteceu em dezembro.

- Já são mais de oito meses jogando direto. O Corinthians sabe disso. Estou tendo cuidado nos treinamentos. No jogo não faz diferença. Por enquanto, é apenas de domingo a domingo. Tenho a semana inteira para trabalhar. Vamos ter esse cuidado para não acontecer nenhum tipo de lesão – afirmou o atacante, que pode superar a marca dos 80 jogos desde meados de 2010 até o fim do Brasileirão.

A preocupação aumentará a partir do fim de julho, período que Campeonato Brasileiro começará a ter jogos nos meios e nos finais de semanas. Até lá, o técnico Tite ganhará o atacante Emerson Sheik como opção para o setor ofensivo. Mesmo assim, as alternativas continuam escassas – as outras são Willian e o garoto Elias Oliveira.

- Estou fazendo um trabalho e tentando me recuperar ao máximo para chegar dezembro inteiro. São mais seis meses pela frente. Tenho que tomar cuidado para não ter lesão – ressaltou o Levezinho, artilheiro corintiano em 2011, com 12 gols em 17 partidas.

O corpo clínico e a comissão técnica do Corinthians, aliás, adotaram uma estratégia semelhante ao que faziam com Ronaldo. O Fenômeno era poupado de algumas atividades físicas mais intensas para poder jogar. Mesmo assim, ainda teve de conviver com várias lesões que o privaram de partidas importantes, sobretudo a partir do segundo semestre de 2009.

Com Liedson, o cuidado está no pós-jogo. De acordo com o preparador físico Eduardo Silva, o Levezinho demora um dia a mais para se recuperar das partidas em comparação com os outros membros do elenco. Com isso, praticamente não participa de atividades de explosão física No entanto, frequentemente reclama de dores no joelho esquerdo.

Tite ainda não fala no assunto, mas a comissão técnica não descarta poupar Liedson de alguns jogos do Brasileirão. Isso, porém, só acontecerá quando o treinador contar com Adriano, único no elenco que pode fazer a mesma função do atual camisa 9. O Imperador, em fase de recuperação pela cirurgia no tendão do pé esquerdo, voltará a trabalhar com bola somente em setembro.          

veja também