MENU

Sem férias mas feliz, Galhardo espera fazer sucesso na Seleção sub-20

Sem férias mas feliz, Galhardo espera fazer sucesso na Seleção sub-20

Atualizado: Segunda-feira, 13 Dezembro de 2010 as 8:42

Nem bem entrou de férias e o lateral-direito Rafael Galhardo terá que voltar ao batente nesta segunda-feira, quando se apresenta ao técnico Ney Franco, da Seleção Brasileira sub-20. O grupo vai para Granja Comary, em Teresópolis, se preparar para o Sul-Americano da categoria, que será realizado no Peru. A competição vale vaga nas Olimpíadas. Outro rubro-negro na lista é o atacante Diego Maurício.

Apesar do pouco tempo de descanso, Galhardo está feliz da vida com a chance de defender o Brasil neste importante torneio. A meta inicial dele é ir bem nos treinos e garantir uma vaga entre os 20 que irão ao Sul-Americano (cinco serão cortados).

- Alguns amigos meus brincaram que eu não teria férias, mas, na verdade, eu ficaria triste é se não tivesse sido convocado. É a oportunidade que eu queria. Vou me preparar bem, dar a vida em cada treino porque cinco jogadores serão cortados. Esta oportunidade é tudo que eu queria - disse o atleta do Fla.

No último fim de semana, Galhardo teve a oportunidade de curtir a família em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro, e visitar a escolinha do Nova Friburgo Country Club, onde deu os primeiros passos na carreira. O lateral do Flamengo conversou com os garotos sobre a importância dos estudos e de terem respeito por todos.

- Foi bem legal, tinham muitas crianças na escolinha. Encontrei professores com quem eu convivi quando era bem pequeno. Me pediram para falar da importância de terem respeito e não deixarem de estudar. Muitos disseram que querem ser jogadores e que eu sirvo como inspiração. Rafael Galhardo comentou sobre a incerteza do futuro de Léo Moura, que tem propostas do Santos e do Internacional. O jogador, de 19 anos, garantiu estar pronto para assumir a vaga no caso de o capitão sair.

- Estou preparado para qualquer coisa. Trabalho bastante, estou muito tranquilo quanto a isso. Espero fazer um bom papel na Seleção para voltar com moral. Sei que seria uma responsabilidade grande se eu vier a substituir o Léo Moura, que é experiente, o capitão do time. Ele me aconselha muito, somos amigos, é uma pessoa que admiro muito.

Mas o que passa pela cabeça de Galhardo é atuar junto com Léo Moura, que já manifestou o desejo de passar a jogar no meio de campo.

- Já conversamos como seria se jogássemos juntos se ele for para o meio de campo. Tivemos a oportunidade de atuar assim já. Acho que temos um estilo parecido e nos damos bem lado a lado.

Enquanto 2011 não vem, o lateral-direito espera esquecer o que ficou para trás neste ano e começar tudo do zero.

- Foi realmente um ano difícil. Tivemos muitos problemas, e estes se juntaram. Felizmente, nós conseguimos salvar o time do rebaixamento e conquistamos uma vaga na Sul-Americana.

veja também