MENU

Sem Kleber, Wellington Paulista ganha moral para ficar no Verdão

Sem Kleber, Wellington Paulista ganha moral para ficar no Verdão

Atualizado: Quarta-feira, 6 Julho de 2011 as 10:21

Wellington comemora com Luan: centroavante está

animado no Verdão (Foto: Agência Estado)

  O atacante Kleber não participou do treino coletivo desta terça-feira, na Academia de Futebol, e deu espaço novamente para Wellington Paulista. Nesta quinta-feira, contra o América-MG, o centroavante deve ser titular pelo segundo jogo seguido, ficando assim cada vez mais longe de uma transferência para o Internacional. Feliz por estar sendo aproveitado, Wellington se sente mais adaptado ao grupo e cheio de vontade de atuar.

Percebendo esse ânimo, os companheiros dão uma força extra ao atacante. Kleber ainda não sabe se terá condições de jogo na quinta-feira, já que está recém-recuperado de um edema na coxa esquerda. Por isso, a moral e responsabilidade de Wellington aumentam.

- O Kleber tem de se tratar e voltar 100%. Então vamos dar moral para o Wellington, que jogou muito bem não só no ataque, mas também marcando volantes, zagueiros... É importante cada jogador estar comprometido com o time, e nada melhor do que dar força para ele – afirmou o volante Marcos Assunção.

A proximidade da família pesou demais na decisão de Wellington em permanecer. Ele havia ficado insatisfeito com o fato de ter sido colocado de lado nos jogos iniciais do Brasileirão. Contra o Internacional, por exemplo, ele foi preterido por Dinei, que entrou no segundo tempo da partida. Hoje, a situação é diferente: os elogios de Felipão na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-GO renovaram as esperanças do atacante em ter mais espaço.     - Ele está mais animado mesmo, não quer sair do Palmeiras – disse uma pessoa próxima ao jogador.

O contrato dele é de empréstimo e vence no fim do ano. O Cruzeiro, dono dos direitos econômicos do jogador, chegou a dar sinal verde para o Inter conversar com o jogador, mas os clubes não chegaram a um acordo em relação a valores. O Al-Rayyan, do Qatar, fez proposta oficial, mas Wellington Paulista recusou.

Segundo a diretoria do Palmeiras, apenas a proposta do Oriente Médio chegou ao conhecimento do clube. O Verdão precisa ser avisado em caso de qualquer negociação, já que tem a opção de igualar a proposta para manter o atacante. Nesta quinta, Wellington deve chegar ao seu quinto jogo no Brasileirão. Se fizer mais duas partidas, não pode mais atuar por outro clube na Série A. Pelo ânimo do atacante, isso não será necessário.          

veja também