MENU

Sem Riquelme e Verón, Ronaldinho e Neymar concentram os holofotes

Sem Riquelme e Verón, Ronaldinho e Neymar concentram os holofotes

Atualizado: Terça-feira, 13 Setembro de 2011 as 9:52

Ronaldinho é a principal estrela da atual Seleção

(Foto: Mowa Press)

  Normalmente, em um duelo entre Brasil e Argentina, os dois países dividem o protagonismo da partida. Nesta quarta-feira, às 21h50m, em Córdoba, pela partida de ida do Superclássico das Américas, será diferente: todos os holofotes estarão em cima da Seleção Brasileira, especialmente em Ronaldinho Gaúcho e Neymar.

Com as ausências já confirmadas dos craques argentinos Riquelme e Verón, os atacantes de Flamengo e Santos é que vão concentrar todo o estrelismo. Ronaldinho por tudo o que já fez pela Seleção Brasileira e pelo futebol e Neymar por ser o símbolo da renovação do Brasil para a Copa do Mundo de 2014.

Tanto Riquelme quanto Verón estavam nos planos do técnico da Argentina, Alejandro Sabella. No último domingo, porém, o jogador do Boca Juniors ficou fora da lista oficial por problemas físicos. E nesta segunda-feira, a ausência do craque do Estudiantes também foi anunciada. Na verdade, ele será poupado.

Por conta de um recente problema no joelho direito, La Brujita ficará fora do duelo com o Brasil. Mas não será cortado, permanecendo no grupo. A ausência de jogadores mais renomados do rival não desanima aqueles que sempre sonharam em enfrentar a Argentina. Até porque do lado verde e amarelo tem Ronaldinho.

- São grandes jogadores (que estão fora), ídolos na Argentina e se der espaço, eles armam o jogo. Mas também temos grande jogadores que podem resolver para o Brasil: Neymar, Lucas, Ronaldinho... – opinou o volante Casemiro.

Depois de Ronaldinho, Neymar é o protagonista

(Foto: Mowa Press)

  Aos 31 anos, Ronaldinho Gaúcho voltou a estar nos planos de Mano Menezes para a Copa do Mundo de 2014. O treinador espera usar a experiência daquele que já foi duas vezes melhor do mundo pela Fifa para dar uma referência aos mais jovens, como Neymar, principal esperança de renovação para o Mundial no Brasil.

Experiente e pentacampeão do mundo com a Seleção Brasileira, Ronaldinho já foi convocado 111 vezes para defender o Brasil. Com a camisa amarelinha, o craque do Flamengo já fez 94 partidas, com 61 vitórias, 22 empates e 11 derrotas. Ao todo foram 34 gols marcados, sendo 29 no exterior e apenas cinco em casa.

Já Neymar, que vai dividir as atenções com Ronaldinho Gaúcho, ainda não tem uma vasta história na Seleção Brasileira: 11 jogos, cinco vitórias, quatro empates, duas derrotas e seis gols. Mas seu retrospecto no Santos o credencia como a principal estrela da era Mano Menezes: 71 gols em 147 jogos.

Junto com Leandro Damião, destaque na recente vitória por 1 a 0 sobre Gana, Ronaldinho Gaúcho e Neymar devem formar o trio ofensivo do Brasil contra a Argentina. O time titular começará a ser desenhado por Mano Menezes no treinamento da tarde desta terça-feira, às 17h, no estádio Mário Kempes.            

veja também