MENU

Sexta-feira de ação na segunda etapa do circuito Petrobras de surfe feminino, no Guarujá (SP)

Sexta-feira de ação na segunda etapa do circuito Petrobras de surfe feminino, no Guarujá (SP)

Atualizado: Sexta-feira, 29 Agosto de 2008 as 12

Sexta-feira de ação na segunda etapa do circuito Petrobras de surfe feminino, no Guarujá (SP)

Campeonato reúne surfistas tops do Brasil, novos talentos e decide campeã brasileira de longboard na Praia de Pitangueiras

Tetracampeãs brasileiras, revelações do surfe e novos talentos estarão reunidas na Praia de Pitangueiras, no Guarujá (SP), para mais uma etapa do Circuito Petrobras de Surfe Feminino, que começa nesta sexta-feira, dia 29 de agosto. O campeonato, que reúne cerca de 120 atletas de todas as categorias e das mais variadas idades, terá ainda a decisão do título brasileiro de longboard, com premiação de R$ 5 mil para a campeã da etapa, a segunda do Circuito.

A disputa nas pranchinhas vai reunir nomes como Andréa Lopes e Tita Tavares, tetracampeãs brasileiras, Diana Cristina, a Tininha, de apenas 18 anos, Krisna de Souza, Nathalie Martins, entre outras tops, e Suelen Naraísa, campeã da primeira etapa, que chega bem credenciada no Guarujá.

"É difícil dizer que sou favorita, o surfe evoluiu muito, está realmente muito disputado, não tem como afirmar favoritismo. Mas com certeza estou determinada, treinando bastante para ser campeã novamente", diz Suelen.

No pranchão, a carioca Mainá Thompson, líder do ranking e vencedora da primeira etapa, chega como candidata ao bicampeonato brasileiro. Para isso, briga contra nomes como Karina Abras (SC), Cris Pires (RJ) e Sabrina Olas (PR), entre outras atletas.

E nas categorias de base, destaque para a participação das locais Juliana Meneghel, de 15 anos, e Kaena Brandi, de 13, além das cariocas Isabelinha Lima e Bárbara Rizetto, entre outras novas surfistas.

"O circuito está de parabéns com todas essas categorias, pois as meninas mais novas têm algumas de nós para procurarem se espelhar e todo mundo aprende com todo mundo. Esse convívio também é importante para nós profissionais", aprova Suelen Naraísa.

Além de competir, a longboarder Mainá Thompson ainda vai dedicar seu tempo a torcer pela irmãzinha Luara, que competirá na categoria grommets.

"A Lulu, como a chamamos aqui em casa, adora viajar comigo, surfar em lugares novos. Sou muito 'coruja' e sempre acho que ela pode melhorar mais. Ela surfa desde os 3 anos, já está no sangue e sei que irá se esforçar", diz a atual campeã brasileira.

Outra família tradicional do surfe estará reunida no Guarujá. O veterano da elite brasileira Wagner Pupo, que já tem um filho vencedor, Miguel, de 17 anos, estará na praia com a filha Dominik, de 8 anos, também competidora da categoria grommets.

"É gratificante ter uma família que segue os passos do pai. Ela tem surpreendido a todos nós pela dedicação no surfe. Com as vitórias do Miguel ela está se motivando a ser uma competidora. Sempre estamos juntos dando força um ao outro, tenho passado minha experiência e isso tem ajudado bastante a eles?, contou Wagner.

Além de competirem, as atletas participarão de uma campanha em parceria com a Secretaria de Saúde do Guarujá (SP) para vacinação contra rubéola e hepatite B e prevenção de gravidez na adolescência e DSTs.

A parte ambiental estará presente com uma campanha nacional de substituição de sacolas plásticas por sacolas de pano, ajudando na conscientização da importância de retirar, sempre que possível, o plástico de nossas vidas. Haverá uma gincana ambiental na praia, em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente.

A terceira e última etapa do Circuito Petrobras de Surfe Feminino acontecerá de 17 a 19 de outubro, na tradicional Praia do Arpoador, berço do surfe no Rio de Janeiro.

A atleta revelação escolhida durante as três etapas do Circuito ganhará o Troféu Brigitte Mayer, além de uma passagem para qualquer localidade do Brasil, oferecida pela GOL Linhas Aéreas Inteligentes.

veja também