MENU

Sharapova comete 76 erros, perde duelo de musas e dá adeus ao Australian Open

Sharapova comete 76 erros, perde duelo de musas e dá adeus ao Australian Open

Atualizado: Segunda-feira, 18 Janeiro de 2010 as 12

Maria Sharapova e Maria Kirilenko transformaram um duelo de duas das mais belas tenistas da atualidade em um jogo duro de assistir. Juntas, elas cometeram 117 erros logo no primeiro jogo da Rod Laver Arena, a quadra central do Australian Open.

Melhor para Kirilenko, que falhou menos, jogou melhor no terceiro set e venceu uma batalha de 3h21m por 7/6(4), 3/6 e 6/4.

O resultado é a primeira grande zebra do torneio, já que Sharapova, campeã do Australian Open em 2007, era uma das mais cotadas a levantar o troféu em Melbourne este ano. Atual número 14 do mundo, a musa, porém, foi vítima de seus próprios vacilos. Foram 76 erros não forçados, contra 41 de Kirilenko.

Além disso, a ex-número 1 do mundo não aproveitou as chances que teve. No tie-break do primeiro set, abriu 4/2 e parecia rumar a uma vitória, mas cometeu cinco erros seguidos e deixou que Kirilenko saísse na frente.

Sharapova voltou a jogar melhor no segundo set e, dominando as trocas, levou o jogo para o terceiro set. Kirilenko não se abateu, abriu a parcial decisiva na frente e chegou a ter 5/2 no placar. Ela sacou para fechar o jogo no nono game, mas Sharapova devolveu a quebra.

Com o serviço para empatar a parcial em 5/5, a ex-número 1 bobeou mais uma vez. Começou o game com uma dupla falta e cometeu mais três erros para ceder a vitória à compatriota.

Atual 58ª colocada no ranking da WTA, Kirilenko jogará na seguda rodada contra a vencedora do jogo entre a suíça Timea Bacsinszky e a austríaca Yvonne Meusburger

veja também