MENU

Shogun faz coro por 'negra' contra Lyoto e diz: 'Jones não é imbatível'

Shogun faz coro por 'negra' contra Lyoto

Atualizado: Quarta-feira, 30 Maio de 2012 as 9:54

Lyoto Machida cantou a pedra ao admitir, ementrevista recente ao SPORTV.COM, que a terceira luta da série contra Maurício Shogun vai acontecer "mais cedo ou mais tarde". Na primeira vez em que se enfrentaram, em outubro de 2009, o especialista em caratê venceu por decisão unânime dos jurados, muito contestada na época, e manteve o cinturão dos meio-pesados do UFC. Na segunda, em maio do ano seguinte, Shogun não deu chance para o azar e nocauteou o rival ainda no primeiro round, roubando-lhe o título. O curitibano também não ficou para trás no discurso e "empatou" com Lyoto ao manifestar o desejo de realizar a chamada "negra" contra o compatriota. E aproveitou para cavar uma vaga como técnico da próxima edição do The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões, reality show exibido pela TV Globo e que tem feito sucesso com os atuais treinadores Vitor Belfort e Wanderlei Silva.


- Acho que vai rolar sim, uma hora ou outra. Se for no TUF, melhor ainda. Ser técnico do TUF é um grande desejo que eu tenho - disse, por telefone, em entrevista ao SPORTV.COM.


O cinturão, no entanto, não ficou com Shogun por muito tempo. Na primeira defesa, sofreu um nocaute técnico para o atual campeão da categoria até 93kg, o fenômeno Jon Jones. O lutador garantiu que não tem como meta em especial a revanche contra o americano. O que ele quer mesmo é reconquistar o título. Mas, se voltar a enfrentá-lo, a confiança será fundamental.

veja também