MENU

Silas lamenta planejamento equivocado do Fla no Brasileiro

Silas lamenta planejamento equivocado do Fla no Brasileiro

Atualizado: Segunda-feira, 13 Setembro de 2010 as 9:01

Elenco inchado, envelhecido e com vários atletas fora de forma. Há 15 dias no Flamengo , o técnico Silas começou a entender planejamento equivocado do atual campeão para o Campeonato Brasileiro. O reflexo vem na tabela. Atuações ruins, sete jogos sem vitória e a proximidade da zona de rebaixamento.

Durante a pausa para a Copa do Mundo, poucas mudanças. As contratações foram Val Baiano e Correa. O primeiro, apesar de estar acima do peso, foi liberado do período de treinos em Itu. Sem atacantes disponíveis, o então técnico Rogério Lourenço teve de disputar alguns coletivos improvisando Toró e Fernando na frente.

As vitórias magras sobre Botafogo e Atlético-GO mascararam a fragilidade do time e deram à diretoria a sensação de que contratações não eram urgentes. E assim estrearam Val Baiano, Borja, Leandro Amaral e Renato. Nada melhorou e, no último dia da janela, o Flamengo trouxe os esperados jogadores renomados: Deivid e Diogo.

O preço acima do valor do mercado ficou em segundo plano diante do alto grau técnico dos reforços. Mas novamente a falta de planejamento cobrou um preço. Alto, aliás. A dupla estreou às pressas e ainda não correspondeu. Sem vitória em quatro jogos no clube, Silas se defende atacando.

- Nesta etapa do campeonato (21ª rodada) era para trabalhar a parte física do Renato? Era para esperar o Deivid entrar em forma? Não. Era só para o time descansar e jogar - declarou.

O elenco inchado com cerca de 40 jogadores também será combatido. O treinador reuniu-se com a diretoria para elaborar uma lista dos que podem ser liberados.

O Flamengo viaja nesta segunda-feira para Presidente Prudente, no interior de São Paulo. A partida contra o Prudente será na próxima quarta, às 22h (de Brasília).

veja também