MENU

Só falta o goleiro: Shakhtar inicia temporada com dez brasileiros

Só falta o goleiro: Shakhtar inicia temporada com dez brasileiros

Atualizado: Quinta-feira, 30 Junho de 2011 as 9:32

O Shakhtar Donetsk "exagerou" no seu amor pelo futebol pentacampeão mundial para a temporada 2011/2012: com as chegadas de Dentinho e Alan Patrick, o clube ucraniano chegou a dez brasileiros no elenco. Mas eles só poderão jogar juntos na Liga dos Campeões, já que o campeonato nacional "só" permite a presença de sete estrangeiros por partida.

- Todos os brasileiros que estão aqui hoje são meias, atacantes, jogam do meio para frente. Por isso vai ser muito difícil jogar todo mundo - lembrou o meia Willian, que veste a camisa 10 e chegou ao Shakhtar em 2007.

Além do ex-corintiano, o elenco conta ainda com Jadson (ex-Atlético-PR), Fernandinho (ex-Atlético-PR), Luiz Adriano (ex-Internacional), Bruno Renan (ex-Grêmio), Douglas Costa (ex-Grêmio), Alex Teixeira (ex-Vasco) e Eduardo da Silva (naturalizado croata). Ainda há o boliviano Marcelo Moreno, filho de um brasileiro e que chegou a usar a camisa amarelinha na divisão de base.

Willian em ação pelo Shakhtar na última temporada

(Foto: Divulgação/Site Oficial)

  Atual campeão nacional, o time estreia no próximo Campeonato Ucraniano contra o Obolon em 10 de julho. Dois dias antes, o clube encara o Dínamo de Kiev pela Supercopa do país. O responsável pela invasão brasileira no Shakhtar é o ex-jogador romeno Mircea Lucescu, que treina a equipe desde 2004.

- Ele gosta muito do futebol brasileiro, principalmente de meias e atacantes, e as contratações têm dado certo. Nos últimos anos os brasileiros foram importantes para a equipe conquistar excelentes resultados. Por isso o pensamento é que os que estão chegando podem dar certo, assim como nós - disse Willian.

O regulamento do campeonato nacional exige que quatro ucranianos atuem por time nos jogos. Na Liga dos Campeões, não há restrições e os dez brasileiros poderiam entrar em campo juntos. Pela boa campanha na última temporada, alguns dos brasucas chamaram a atenção de clubes grandes: Douglas Costa e Willian foram apontados como possíveis reforços de Manchester United e Barcelona.

Caso perca a dupla, Lucescu buscou no Brasil dois jogadores para manter o "equilíbrio" da equipe: Alan Patrick, campeão da Libertadores com o Santos, e Dentinho, reveleção do Corinthians, desembarcaram em Donetsk recentemente.

- Eles foram muito bem recebidos, se entrosaram rápido e já entraram nas brincadeiras com o resto do grupo. É claro que pela facilidade do idioma nós conversamos mais entre os brasileiros, mas mantemos um bom relacionamento com todos os jogadores e os estrangeiros também participam das brincadeiras, conversam. Todos gostam muito dos brasileiros e nos tratam muito bem - concluiu.            

veja também