MENU

Sócios do Flu decidem presidente para o próximo triênio nesta terça

Sócios do Flu decidem presidente para o próximo triênio nesta terça

Atualizado: Terça-feira, 30 Novembro de 2010 as 8:51

Os sócios do Fluminense vão eleger nesta terça-feira, na sede das Laranjeiras, o presidente do clube para os próximos três anos. Há dois candidatos: Julio Bueno, da chapa "Transforma Flu", e Peter Siemsen, da "Novo Fluminense". O pleito será das 8h às 20h. O vencedor será divulgado no mesmo dia.

Os números de sócios que estariam aptos ao pleito são divergentes e polêmicos, mas estima-se que seja em torno de cinco mil. Aos que vão votar, será necessária a apresentação da carteira de identificação social (carteirinha de sócio) e um documento oficial, com foto, expedido por órgão público competente.

No caso dos menores de idade aptos a votar, se estes não tiverem documento de identidade com foto, será solicitada a carteira de estudante.   Conheça as principais propostas dos dois candidatos:   JULIO BUENO

Dívidas - Criação da Flu S.A

O candidato, que é apoiado por Roberto Horcades, acredita que é possível pagar as dívidas do Tricolor. Ele acredita que a maior dificuldade é a questão das pendências trabalhistas. De acordo com Bueno, uma alternativa para melhorar este panorama seria a criação da Flu S.A, onde os credores viram sócios, acionistas do clube.

Centro de Treinamento

Julio Bueno disse que o Flu já teve "quatro ou cinco" oferta para fazer o CT, mas esbarrou na dificuldade financeira. Para tentar solucionar este problema, o candidato também aposta na transformação do clube em empresa: "É um choque de capitalismo no futebol brasileiro. Importante dizer que dos 30 maiores clubes do mundo, 27 são empresas. O que estamos propondo é inaugurar isso no futebol brasileiro através de seu clube de vanguarda, que é o Fluminense”.

Unimed

Julio Bueno afirma que seria "ótimo" o patrocinador continuar, mas defende uma alteração do modelo da parceria. Ele deseja que o dinheiro da empresa passe por dentro do clube. O candidato lembra que alguns atletas são pagos diretamente pela Unimed, e outros pelo Fluminense, o que pode criar alguns problemas no elenco. Ele deseja que o Tricolor tenha mais autonomia de decisões.

Arena ou uso do Maracanã?

O candidato diz que gostaria de construir uma arena para até 20 mil torcedores, onde disputaria cerca de metade dos jogos do Flu no Rio. Ele, no entanto, defende que o clube tenha o Maracanã também como alvo: "O Fluminense e o Flamengo serão partícipes do Maracanã. Qualquer operador vencedor de uma concessão vai precisar fidelizar os clubes dentro do estádio."

Divisões de base

Julio Bueno disse que para investir na base, é preciso resolver o problema das dívidas e ter fôlego financeiro para, por exemplo, modernizar Xerém. O candidato deseja afastar dos garotos os empresários que os cercas. Ele quer que o Flu tenha os direitos federativos de todos os jogadores.   PETER SIEMSEN

Dívidas

Ele acredita que o problema do aumento das dívidas do clube, que está em R$ 350 milhões, está na má gestão. O candidato acredita que o custo do futebol está muito alto e afirmou que a receita para melhorar a situação é fazer um "trabalho competente, bem-feito e com transparência".

Marketing

Siemsen diz que o clube não tem ações individuais receitas neste campo, somente coletivas. Ele acredita que o Flu tem muito que crescer neste campo. Um exemplo positivo citado é o do Internacional, que, segundo o candidato, está com um faturamento de R$ 45 milhões/ano só de associação do torcedor. Peter Siemsen considera que o departamento de marketing atual deveria ter explorado melhor a presença de craques como Deco para aumentar o faturamento.

Unimed

Peter Siemsen disse que já está planejando com o presidente do patrocinador, Celso Barros, os próximos três anos. Ele afirmou que o investimento no elenco e comissão técnica será mantido. O candidato espera que a receita passe de R$ 60 milhões para R$ 120 milhões.

Transformação do clube em empresa

O candidato acredita que, caso o Flu fosse uma empresa, já teria falido. Siemsen defende um programa de associação em massa da torcida, que, segundo ele, pode aumentar a receita mensal: "Uma receita fidelizada, enquanto que, se você abrir uma empresa e vender cotas para investidores, certamente tem que dar lucro no fim do ano".

Centro de Treinamento

A construção de um CT está nos planos do candidato. O desejo é adquirir um terreno na faixa de 50 mil metros quadrados o mais próximo possível de onde normalmente os jogadores moram.

veja também