MENU

Sócrates fala sobre relação com álcool: 'Era um companheiro'

Sócrates fala sobre relação com álcool: 'Era um companheiro'

Atualizado: Segunda-feira, 26 Setembro de 2011 as 10:50

O ex-jogador Sócrates deixou o hospital Albert Einstein na última quinta-feira, após passar 17 dias internado por conta de um sangramento no esôfago, causado por uma crise de cirrose hepática. Passado o susto, o ídolo do Corinthians conversou ao vivo com a apresentadora Ana Maria Braga, no programa "Mais Você", da TV Globo, na manhã desta segunda-feira. Sócrates falou sobre a doença que enfrenta, causada geralmente pelo consumo excessivo de álcool, e por enquanto descartou a necessidade de um transplante de fígado.

- O futuro a gente não sabe, não tenho nem indicação para fazer um transplante agora. A equipe médica já havia determinado o afastamento do álcool por pelo menos seis meses. Acho que o álcool é uma droga social e estimulada pela sociedade, pois boa parte da economia nacional está baseada nela e no cigarro. Na verdade nunca fui dependente, posso ficar meses sem beber que não tenho reações, tremores. Mas comportamentalmente o álcool é importante para mim, talvez pela minha timidez. O álcool era um companheiro para mim - revelou Sócrates.

Acompanhado da esposa Kátia, o "Doutor" falou ainda que está se recuperando bem da segunda internação - a primeira foi em agosto, por nove dias, por conta de uma hemorragia digestiva alta. Ele garantiu que o atual problema foi solucionado e a expectativa agora é de recuperação. A orientação é de repouso total. Pai de seis filhos, um deles prestes a completar seis anos, Sócrates brincou que agora quer "fabricar" meninas.

- Dia 29 o Fidel faz seis anos. Tenho só homens, agora faltam as mulheres (risos) - brincou o ex-jogador.

Sócrates dará continuidade ao tratamento em casa. Ele será submetido a uma rigorosa dieta e terá sessões regulares de fisioterapia.          

veja também