MENU

Sonhando com a Série A, Ponte Preta recebe o Paraná em Campinas

Sonhando com a Série A, Ponte Preta recebe o Paraná em Campinas

Atualizado: Sexta-feira, 21 Outubro de 2011 as 9:46

Empolgada com a boa sequência no Campeonato Brasileiro da Série B, a Ponte Preta tenta se aproximar ainda mais do acesso nesta sexta-feira em duelo contra o Paraná Clube, no Moisés Lucarelli, às 20h30m (horário de Brasília). Com 54 pontos e sete rodadas a disputar, a Macaca tem seis pontos de vantagem em relação ao Sport, primeiro time fora do G-4 da competição.

Para ter casa cheia, a diretoria da Ponte fez promoção para o duelo de hoje contra o Paraná. Os torcedores que forem ao jogo com a camisa da Macaca vão pagar meia entrada. Apesar do bom momento, o zagueiro Ferrón não quer saber de festa antes da hora no Majestoso.

- Vivemos um jogo de cada vez e por isso temos que deixar a ansiedade de lado. O acesso virá, mas o caminho do acesso é construído passo a passo, então vamos focar em vencer nesta sexta. Nestes dois últimos jogos fora somamos quatro pontos e isso é muito bom. Agora é vencer em casa para ficarmos ainda mais perto do acesso - disse.

O técnico Gilson Kleina vai ter dois problemas para a partida. Renato Cajá, destaque da Macaca nas últimas três rodadas, quando marcou quatro vezes, vai ser poupado. O jogador voltou a sentir dores musculares na coxa esquerda não enfrenta o Paraná. Outro desfalque é o zagueiro Wescley. O jogador sofreu uma torção no joelho esquerdo em lance na partida contra o Bragantino e corre o risco de passar por uma cirurgia.

Para as duas vagas, Ferrón deve ser mantido na equipe e forma dupla de zaga com Leandro Silva, que volta após cumprir suspensão automática. No meio, Renatinho, que ainda se recupera de lesão, pode ficar com vaga de Cajá.

Invicto há cinco jogos, o Paraná Clube busca a vitória para seguir vivo na luta por uma vaga no G-4. Um tropeço nesta sexta-feira torna o acesso impossível (ou quase isso). Para a partida contra a Macaca, o técnico Guilherme Macuglia não terá o volante Sílvio, que cumpre suspensão. Maycon Freitas e Everton Garroni disputam a vaga dele. Outra dúvida é na armação das jogadas: Lima ou Douglas Packer.

O restante do time deve ser o mesmo que empatou com o Criciúma na última terça-feira, na Vila Capanema. Dessa forma, o Tricolor deve entrar em campo, no 3-5-2, com Thiago Rodrigues; Cris, Brinner e Edson; Marquinho, Maycon Freitas (Everton Garroni), Itaqui, Lima (Douglas Packer) e Gleidson; Ricardinho e Giancarlo.

Com esse time, o Paraná tenta quebrar um tabu na Série B. Em nove jogos, ele não venceu nenhum paulista. Foram seis derrotas e três empates. No primeiro turno, por exemplo, a Ponte venceu em plena Vila Capanema por 1 a 0. Para o jogo desta sexta-feira, porém, Macuglia mostra confiança e acredita que os espaços deixados pela Macaca podem ser explorados pelo Tricolor.

- A gente está numa expectativa boa, porque, jogando contra a Ponte, talvez a maior responsabilidade de sair para o jogo seja da Ponte e a gente possa tirar proveito disso.

Outros jogos desta sexta-feira

20h30m – Duque de Caxias x Guarani - Édson Passos

20h30m – ASA x Salgueiro - Municipal de Arapiraca

20h30m – Vila Nova x Grêmio Barueri - Serra Dourada

20h30m – Boa Esporte x Bragantino - Melão      

veja também