MENU

'Sou fácil de lidar'

'Sou fácil de lidar'

Atualizado: Quinta-feira, 1 Julho de 2010 as 3:04

Sorriso no rosto é marca do Muricy Ramalho

"carioca" (Foto: Wallace Teixeira/Photocâmera)  

O profissional sério, linha dura e que se impõe na base do trabalho duro permanece intacto. Mas esqueçam a fisionomia amarrada, as respostas atravessadas em entrevistas ou o jeito impaciente de ser. O Muricy Ramalho "carioca" é outro. Não, ainda não foi possível vê-lo na praia, tomando água de coco ou falado "E aí?". O "mano" e o sotaque paulista são inconfundíveis, só que agora vêm acompanhado de um treinador boa praça. Bem humorado, o comandante tricolor não se privou de comentar a fama de turrão adquirida no período em que trabalhou no futebol de São Paulo. Admitiu que, em alguns momentos, a adrenalina nas alturas foi responsável por episódios mais tensos e garantiu que o Muricy verdadeiro em nada se assemelha ao profissional rabugento que muitos imaginam.

- É só fama (risos). O engraçado é que em qualquer lugar que eu vá falam essas coisas. O que acontece é que depois do jogo a pessoa ainda está com a adrenalina lá em cima. Tenho personalidade, se não concordar com você, vou dar minha opinião, que às vezes é um pouco dura. Mas sou totalmente diferente do que as pessoas pensam. Estou sempre conversando, brincando. Em casa sou muito tranquilo, não sou de ficar falando muito. Fico sossegado.

O lugar faz com que a pessoa fique mais light, veja a vida de uma maneira diferente" Muricy Ramalho, treinador do Fluminense A versão paz e amor do técnico do Fluminense muito tem a ver com os ares cariocas. Longe da rotina estressante da capital paulista, Muricy apontou o Rio de Janeiro como primordial em sua "amansada".

- O lugar faz com que a pessoa fique mais light, veja a vida de uma maneira diferente. O Rio é um lugar muito melhor de se viver, tem qualidade de vida. Por isso, estou mais tranquilo.

Até mesmo a imprensa carioca recebeu elogios do treinador. Já são mais de dois meses nas Laranjeiras e os jornalistas permanecem intactos, nenhuma resposta mais forte foi dada. Fruto da postura dos repórteres, na opinião de Muricy.

- Se for para conversar de futebol o dia todo, não vai acontecer nada. Mas se o cara quiser fazer ondinha, não vai dar certo. Não é o correto. Aqui (no Rio) está sendo diferente, estão me respeitando. Só não gosto de outros tipos de conversa, fofocas... Sou uma pessoa muito fácil de lidar.

E assim, com seu estilo mais light, Muricy Ramalho tem conduzido o Fluminense ao topo da tabela do Brasileirão. Já são quatro vitórias consecutivas, que renderam a terceira colocação. Durante a parada para a Copa, o Tricolor treina em Mangaratiba, na Costa Verde do Rio de Janeiro. O retorno ao campeonato nacional está marcado para o dia 15, no Rio de Janeiro, contra o Prudente.

Por Cahê Mota Direto de Mangaratiba, RJ

veja também