MENU

Sucesso de marketing, Maicosuel vai virar boneco dentro de um mês

Sucesso de marketing, Maicosuel vai virar boneco dentro de um mês

Atualizado: Quarta-feira, 25 Agosto de 2010 as 9:15

Qual efeito tem um ídolo para o clube? No Botafogo, de forma estratégica, tem sido o mais positivo possível. Tarde de autógrafos com o uruguaio Loco Abreu, e sede de General Severiano lotada. No último domingo, Maicosuel levou cerca de dois mil torcedores ao Engenhão para uma visitação ao estádio, tirou fotos e distribuiu mais autógrafos. O apoiador, aliás, tem merecido uma atenção especial do departamento de marketing, que não mede esforços para estreitar os laços entre a torcida e o ídolo. Prova disto é que será criada uma miniatura do jogador. O tamanho e o preço do boneco ainda não foram definidos, mas há a previsão para o lançamento dentro de um mês.

Outra ação acontece nesta quinta-feira. Será lançado pelo clube um site especial do "Mago". A divulgação do endereço ocorrerá através do site oficial e do twitter. Na página, um quadrinho ficará disponível para a visualização dos botafoguenses, além de jogos com a figura animada do atleta, tudo pensando na interatividade.

Fato é que o departamento de marketing do Botafogo tem trabalhado intensamente desde o retorno de Maicosuel, que reestreou pelo Glorioso no dia 1º de agosto, no triunfo por 3 a 1 sobre o Vitória, no Barradão. A justificativa para uma maior exposição do atleta é simplesmente o apego da torcida ao ídolo. O fato de o jogador ter sido um pedido e desejo dos alvinegros fizeram com que o foco das ações na figura dele fosse maior.

O marketing alvinegro estima que 4 mil camisas do atleta já tenham sido vendidas. Levando-se em conta que o preço é de R$ 159,90, o retorno giraria em torno de R$ 639.600,00.

Já em campo, a resposta foi rápida e, em quatro jogos com o apoiador em campo, foram quatro vitórias (Vitória, Atlético-MG, Atlético-GO e Avaí). Isso se reflete nas arquibancadas. Resultado: mais retorno financeiro. No último sábado, por exemplo, foram mais de 35 mil botafoguenses no Engenhão para assistir Botafogo 1 x 0 Avaí.

- Nenhuma torcida se conquista sem a presença do ídolo. E ele (Maicosuel) é importante por isso, para trazer o torcedor, assim como foi a chegada do Loco. Por isso também compramos o Herrera, o próprio Jobson que voltou, o Caio que se tornou talismã, o Jéfferson que defendeu a Seleção, o Leandro (Guerreiro) que tem uma identificação guerreira... Cada jogador tem um espaço no coração do torcedor, e ter um ídolo é fundamental – disse o presidente alvinegro Maurício Assumpção.

Diante deste pensamento, o marketing do clube já planeja novas ações para outros jogadores que ainda são guardadas a sete chaves. Mas o formato do novo Botafogo vem ganhando base na figura dos ídolos. E os resultados, até o momento, são positivos.

veja também