MENU

Sul-africano que passou pelo Timão cobra caro para conceder entrevista

Sul-africano que passou pelo Timão cobra caro para conceder entrevista

Atualizado: Sexta-feira, 4 Junho de 2010 as 8:53

Muitos corintianos podem não lembrar, mas o Timão já contou com um jogador sul-africano em seu elenco. No final de 1996, o atacante Mark Frank Williams teve uma passagem relâmpago pelo Parque São Jorge. Partiu sem deixar muitos vestígios. Hoje em dia, aposentado aos 44 anos, ele atua como comentarista em um canal de televisão de Joanesburgo, na África do Sul. Seria natural, então, procurá-lo para uma entrevista, para conversar com ele sobre os seus (poucos) momentos no Corinthians, falar sobre a Copa do Mundo. No entanto, entrevistar o ex-jogador é caro. O ex-jogador explicou que está escrevendo um livro de memórias e que, para isso, entrou em acordo com um editor. Por isso, considera que sua história é exclusividade sua e do editor. Ele acha que, concedendo entrevistas para falar sobre sua história no Corinthians, o livro perde peso. Não é que eu queira ganhar dinheiro com entrevistas. É que estou escrevendo o livro e minha história no Corinthians, em 1996, fará parte. Como os jornalistas brasileiros querem falar especificamente sobre isso, concordamos que seria necessário cobrar. São 25 mil rands por uma hora de entrevista - afirmou.

Muito dinheiro para quem disputou apenas três partidas pelo Timão, duas como titular. Ele estreou contra o Bahia, no dia 13 de novembro de 1996. Entrou no segundo tempo, no lugar de Romerito. Depois, jogou contra o Goiás e contra o Coritiba. Após o Brasileirão, foi embora.

Além de jogar no Corinthians, Mark Williams passou pelo Wolverhampton Wanderers (Inglaterra), Chongqing Lifan (China), Qingdao Zhongneng (China) and RWDM (Belgium). Depois, passou a se dedicar ao futebol de areia.

veja também