MENU

Surfistas invadem a África do Sul para aquecimento para o Mundial

Surfistas invadem a África do Sul para aquecimento para o Mundial

Atualizado: Terça-feira, 6 Julho de 2010 as 2:16

A Copa do Mundo de futebol ainda não terminou, porém a África do Sul já voltou a receber outro esporte. A quarta etapa do Circuito Mundial de surfe começa apenas no dia 15, em Jeffreys Bay, ao lado de Porth Elizabeth. Mas em Ballito, ao norte de Durban, os surfistas fazem um aquecimento disputando uma etapa cinco estrelas do WQS, a divisão de acesso.

A competição sul-africana faz parte do terceiro escalão da série WQS - há etapas seis estrelas e primes. O campeão embolsa US$ 16 mil (cerca de R$ 30 mil) e dois mil pontos no ranking unificado. O líder é o australiano Taj Burrow, com 24.125.

Boa parte dos pontos de Taj veio de seus resultados no Circuito Mundial. Ele venceu, em casa, a etapa de abertura, na Gold Coast. O americano Kelly Slater tocou o sino em Bells Beach, também na Austrália, e o brasileiro Jadson André venceu em Santa Catarina. Kelly lidera o ranking, seguido por Jordy e Taj. O australiano Mick Fanning, bicampeão mundial, está em quarto, à frente de Jadson.

Por competir em casa, Jordy será o favorito em J-Bay. E nesta segunda-feira, em Durban, ele mostrou que já deixou o clima de Copa do Mundo de lado e voltou ao surfe. Venceu a primeira bateria do campeonato sem dar chances aos rivais. Com 13,50 pontos, assegurou a primeira colocação, à frente dos compatriotas Ryan Balfour (9,34), Jacob Mellish (6,04) e Jean Du Plessis (4,260).

veja também