MENU

Surpreso, Rafael comemora primeira convocação e emociona seu pai

Surpreso, Rafael comemora primeira convocação e emociona seu pai

Atualizado: Terça-feira, 6 Setembro de 2011 as 4:20

Rafael não esconde a felicidade pela convocação

(Foto: Ricardo Saubin / Site Oficial do Santos)

  A primeira convocação para a Seleção Brasileira pegou o goleiro Rafael de surpresa. Ele estava se preparando para ir ao aniversário do filho de Aranha, um de seus reservas, quando recebeu o telefonema de um dos assessores de imprensa do Santos, avisando que ele havia sido chamado pelo técnico Mano Menezes para o primeiro dos dois confrontos que a equipe canarinho irá disputar contra a Argentina, dia 14, em Córdoba (ARG). A primeira reação do goleiro foi telefonar imediatamente para o seu pai, Sérgio Barbosa, que caiu no choro ao ouvir a boa notícia. O segundo jogo contra os "hermanos" será no dia 28, em Belém.

- Estava me arrumando para ir à festinha do filho do Aranha e nem sabia que haveria convocação. Quando recebi a notícia, liguei logo para o meu pai, que também não estava sabendo. E olha que ele fica ligado em internet o tempo todo. Quando confirmei que tinha sido chamado, ele não parava de chorar. Nem conseguimos conversar direito - contou o goleiro, de 21 anos.

Rafael é extremamente apegado ao pai. Principalmente porque ambos superaram juntos o trauma da morte de Mara Cabral, mãe do camisa 1, que partiu quando ele tinha 13 anos.

- Meu pai ficou muito feliz e realizado. Eu faço o meu trabalho dentro de campo. Do lado de fora, ele sofre muito mais. Está sempre ao meu lado, ouve as críticas. Então, é claro que essa convocação foi muito comemorada por ele e por meus amigos.

O goleiro diz que recebeu tantas chamadas em seu rádio que nem conseguiu agradecer a todo mundo que o procurou para parabenizá-lo.

- Não dava tempo nem de desligar. Estava falando com um e outro já chamava.

Olho nos Jogos Olímpicos

Rafael afirma que seu foco agora é ganhar a confiança de Mano Menezes para garantir presença no grupo que vai disputar os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Ele tem idade olímpica (apenas jogadores até 23 anos podem participar do torneio de futebol dos Jogos).

- Está só começando, tenho muito a batalhar ainda, mas o trabalho que venho realizando no Santos, com a conquista da Taça Libertadores, facilita para que eu possa ter mais chances na Seleção e também ser chamado para disputar as Olimpíadas.          

veja também