MENU

Tabárez joga responsabilidade sobre Argentina e Brasil na Copa América

Tabárez joga responsabilidade sobre Argentina e Brasil na Copa América

Atualizado: Sexta-feira, 1 Julho de 2011 as 12:58

Tabárez: pressão para os adversários (Foto: EFE)

  A seleção do Uruguai desembarca no fim da tarde desta sexta-feira, em Mendoza, na Argentina, para a disputa da Copa América e a equipe comandada por Óscar Tabárez chega para a competição embalada pela boa campanha conquistada no Mundial da África do Sul, quando ficou na quarta colocação.

Aproveitando o bom momento, a Celeste Olímpica tentará, na Argentina, a conquista da sua 15ª Copa América e, assim, superar os donos da casa em número de títulos continentais. Mas após o último treino em Montevidéu, o treinador uruguaio tratou de colocar os pés no chão e jogar a pressão pelo título para argentinos e brasileiros.

- Conheço as diferentes realidades mundiais e sul-americanas. Sei da potência que é a Argentina, sei quantos habitantes eles têm, quantos habitantes tem o Uruguai, o número de clubes, quantidade de estádios grandes... Cada vez fica mais difícil competir com esses países que estão na elite do futebol - disse Tabárez.

Seguindo na sua argumentação, o 'Maestro' citou também o Brasil, que nas últimas cinco edições da Copa América venceu quatro e deu um grande salto no número de títulos.

- Quando perdemos a final de 1989 foi a quarta conquista do Brasil e hoje eles já chegam a oito. Vivemos em outra época e, potencialmente, Argentina e Brasil têm mais chances que nós. Não podemos pensar no 15º título, vamos fazer o nosso melhor. Vamos agora concentrar no Peru, no Chile e assim sucessivamente - completou.

O zagueiro Diego Lugano, do Fenerbahçe, da Turquia, no entanto, optou por um discurso cheio de confiança.

- Faz uns cem anos que existe a Copa América e sempre o Uruguai vai com o objetivo de trazê-la, independente de como chega a Celeste para a competição. A história nos exige isso, estamos conscientes da responsabilidade e temos essa Copa América como uma grande oportunidade de honrar nosso país - destacou o zagueiro.

O Uruguai está no grupo C da competição, ao lado de Peru, adversário na estreia, Chile e México.        

veja também