MENU

Taças dos Mundiais conquistados pelo Peixe nos anos 60 sumiram

Taças dos Mundiais conquistados pelo Peixe nos anos 60 sumiram

Atualizado: Quarta-feira, 26 Outubro de 2011 as 3:08

Taças dos Mundiais do Santos: réplicas!

(Foto: Adilson Barros / Globoesporte.com) Bicampeão mundial, o Santos não tem os verdadeiros troféus conquistados diante do Benfica, em 1962, e do Milan, em 1963. As taças expostas no Memorial das Conquistas da Vila Belmiro são réplicas. As originais sumiram. A revelação foi feita pelo jornal Diário de S. Paulo desta quarta-feira. No fim deste ano, no Japão, o Peixe tentará conquistar sua terceira estrela para, enfim, poder expor em seu museu um “Mundial” verdadeiro.

O museu santista foi inaugurado em 2003. Somente na transferência de todos os prêmios conquistados pelo clube para o novo local se descobriu que as taças mais importantes do Peixe haviam sumido. Para tentar abafar o vexame, a diretoria santista procurou o São Paulo, até então bicampeão mundial, em 1992 e 93, e tomou um dos troféus do rival emprestado para que a peça servisse de modelo para as duas réplicas, que custaram R$ 10 mil cada.

Presidente santista na época da inauguração do Memorial, Marcelo Teixeira confirmou ao jornal o sumiço e o pedido de ajuda ao São Paulo.

O Globoesporte.com conversou com alguns funcionários mais antigos do Santos. A maioria não sabia da história, mas acredita que as taças originais tenham se deteriorado e até ido parar no lixo. Isso porque, antes do Memorial, alguns troféus ficaram expostos em vitrines na sala do Conselho Deliberativo. Outros, guardados em salas ou depósitos na Vila Belmiro, sem nenhum cuidado.

O atual mandatário, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, afirmou, por intermédio de sua assessoria, que não sabia dessa história e prometeu tentar apurar o paradeiro das taças. O problema é que ninguém sabe exatamente quando foi que as peças desapareceram.        

veja também