MENU

Técnico diz que Spider dará lição a Sonnen: 'Ganha com tranquilidade'

Técnico diz que Spider dará lição a Sonnen

Atualizado: Terça-feira, 31 Janeiro de 2012 as 12:24

Depois de ter evitado, durante muito tempo, entrar no jogo de provocações de Chael Sonnen, o campeão dos pesos-médios, Anderson Silva, enfim vai ter a chance de responder seu arquirrival. O falastrão venceu Michael Bisping no último sábado, em Chicago, e conquistou o direito da revanche diante do brasileiro, em junho, em São Paulo. Segundo o treinador do Spider, Ramon Lemos, o lutador não precisará de nenhuma preparação especial para vencer Sonnen e garantiu que Anderson, mesmo com a luta marcada, não entrará no jogo do polêmico rival.

- Não vamos fazer nenhum trabalho especial para o Sonnen. Nem mesmo para o Bruce Lee. Esse cara falou muita coisa e é lógico que esta luta é muito importante para todos nós, mas o Anderson não quer e não vai entrar no jogo dele. Se ele fizer tudo que sabe, ganha com tranquilidade e vai dar uma lição nele. Só precisa ser ele mesmo. Não pode entrar na emoção - explicou Ramon.


Antes de sua luta com Anderson Silva, em agosto de 2010, Chael Sonnen falou cobras e lagartos sobre o campeão e seus compatriotas. Ele menosprezou, inclusive, o jiu-jítsu brasileiro. Ironicamente, após dominar os cinco rounds do combate, Sonnen foi derrotado através de um belo triângulo encaixado por Spider quando faltavam dois minutos para  o término da luta. Segundo Ramon Lemos, na revanche de 2012, Anderson entrará no octógono para nocautear ou, de preferência, finalizar novamente. O treinador aproveitou para dar um pequeno conselho ao falastrão.


- Vamos atrás do nocaute e, até melhor, a finalização. A gente sabe que ele vem para bater pesado e vamos nos defender bem. Acho que o Chael Sonnen deveria treinar melhor o jiu-jítsu dele e parar de falar besteira da arte que é a mãe de todas. Não é à toa que ele foi finalizado por dois brasileiros (Anderson Silva e Demian Maia) - disse Lemos.


Chael Sonnen tem inovado em suas provocações. Apesar de ter perdido a luta para Anderson e ter caído no antidoping no mesmo evento, o americano enche a boca para se autodenominar o verdadeiro campeão dos pesos-médios. Antes de sua última luta, inclusive, ele apareceu para a coletiva do evento com uma réplica do cinturão de campeão. 
- Ele anda mexendo com o nosso orgulho faz tempo. Isso só piora a situação dele. Posso garantir que o Anderson vai entrar nesse octógono com a mesma motivação de sempre para defender a honra e as cores do Brasil - completou.

A revanche de Chael Sonnen diante do brasileiro está prevista para acontecer em junho, em São Paulo, em um evento para 40 mil pessoas em um estádio de futebol. Anderson Silva não luta desde agosto do ano passado, quando nocauteou o japonês Yushin Okami no primeiro UFC Rio. Depois da luta, ele se recuperou de uma lesão sofrida no ombro.

veja também