MENU

Técnico Lisca alega ameaças e deixa comando técnico do Caxias

Técnico Lisca alega ameaças e deixa comando técnico do Caxias

Atualizado: Quinta-feira, 10 Março de 2011 as 3:21

O presidente do Caxias, Osvaldo Voges, recebeu nesta quinta-feira pela manhã uma ligação do técnico Lisca para lhe comunicar que estava deixando o clube. Em conversa com o dirigente, o treinador alegou que ele e a família sofreram ameaças. Nesta quinta-feira, a equipe de Caxias do Sul perdeu o título do primeiro turno do Campeonato Gaúcho para o Grêmio, no Estádio Olímpico.

A reportagem do GLOBOESPORTE.COM entrou em contato com Lisca, mas o técnico preferiu não comentar o caso, nem dizer se as ameaças já vinham ocorrendo antes da partida ou se tudo aconteceu depois. Ele preferiu apenas dar sorte ao seu futuro substituto.

- Prefiro não me expressar sobre isso, pois é um assunto muito ruim. Eu sairia se perdesse ou vencesse, acabou o ciclo - disse Lisca, por telefone.

Apesar da situação vivida no Caxias, Lisca não quer ficar parado. Ele quer deixar para trás os problemas vividos nessa passagem pelo Caxias e está aberto a propostas.

- Agora estou no mercado. Se souber de algum clube que queira contratar um técnico que gosta de trabalhar, me avise (risos) - brincou.

Lisca ficou exatos quatro meses à frente do Caxias, de nove de novembro a nove de março. Em seu lugar assume interinamente o auxiliar Ricardo Cobalchini.    

veja também