MENU

Técnico Tite pede confiança à torcida: Não cheguei aqui de paraquedas

Técnico Tite pede confiança à torcida: Não cheguei aqui de paraquedas

Atualizado: Terça-feira, 23 Agosto de 2011 as 3:42

Tite em partida do Timão (Foto: Ag. Estado)

  A queda de produção do Corinthians no Campeonato Brasileiro deixou a torcida preocupada. No ano passado, o Timão perdeu pontos importantes para adversários que lutavam contra o rebaixamento, ficou sete partidas sem ganhar e acabou sem o título. Em meio à pressão para colocar a equipe nos trilhos novamente, o técnico Tite pede que a Fiel esqueça a temporada anterior e acredite no trabalho dele à frente do elenco.

- Só quero que o torcedor tenha tranquilidade, confie no técnico. É o mesmo que pegou o time duas vezes, uma (em 2004) na beira do abismo de um descenso e quase levou para a Libertadores. No ano passado, cheguei aqui com sete jogos sem ganhar, cinco derrotas. Que (a torcida) tenha calma, saiba quem está do lado. Não cheguei aqui de paraquedas. Conheço a pressão do Corinthians. Sei o que estou fazendo, sei do trabalho e do potencial do grupo. É um campeonato muito difícil e equilibrado – afirmou.

A Fiel ficou traumatizada com a alternância de rendimento do Corinthians na temporada anterior. A pior colocação da equipe em todo o torneio foi o terceiro lugar. Entretanto, os sete jogos sem vencer (cinco derrotas e dois empates) durante a passagem do técnico Adilson Batista e do interino Fábio Carille desmoronou o sonho do título. Com Tite, foram cinco triunfos e três empates, mas os tropeços contra adversários de menor expressão deixaram o clube distante da taça.

- O Corinthians fica olhando o ano passado. Calma para trabalhar. O Ronaldo disse que o time estava sem confiança. Eu disse que iríamos corrigir trabalhar, mas com calma, sem ficar apavorado. Não pode ter fantasma do ano passado. Eu vim aqui apagar um incêndio e sei bem como devo fazer. Eu, com a direção e os atletas, construí a equipe – acrescentou. Mesmo com a preocupação e a queda no aproveitamento, Tite acredita que a campanha alvinegra no Brasileirão é bastante positiva. Nos últimos oito jogos, foram duas vitórias, três empates e três derrotas, distante das nove vitórias e um empate que obteve nos dez primeiros jogos.

- É abaixo, mas dentro de uma normalidade. Escolha os números e faça uma avaliação. Depois de duas derrotas (Cruzeiro e Avaí), tínhamos retomado, mas tropeçamos agora em um jogo que estava na conta de vitória e nos daria uma boa condição. É só pegar a média toda e colocar para dentro da avaliação – completou.          

veja também