MENU

Tevez não quis abrir mão de dívida do City para poder acertar Timão

Tevez não quis abrir mão de dívida do City para poder acertar Timão

Atualizado: Quarta-feira, 20 Julho de 2011 as 3:37

Tevez em ação pelo Manchester City (Foto: AFP)

  Não foi apenas o prazo para o pagamento da primeira parcela que acabou com a negociação entre Corinthians e Manchester City-ING pela contratação do atacante Carlitos Tevez. Apesar de falar publicamente que gostaria de deixar o clube europeu, o goleador argentino se recusou a abrir mão de mais de R$ 15 milhões para rescindir seu contrato.

O valor é referente às luvas pela assinatura do vínculo e de um bônus pelo desempenho ao longo do período. Tevez foi o melhor jogador dos azuis na temporada 2010/2011 e ainda terminou como artilheiro do Campeonato Inglês, com 21 gols, ao lado do búlgaro Berbatov, do Manchester United.

A falta de um acordo entre clube e jogador foi mais um entrave para que o negócio fosse firmado com o Corinthians. Prontamente, o Timão se recusou a assumir a dívida. Como o problema não seria resolvido até esta quarta-feira, prazo para o fechamento da janela de transferências internacionais, o clube desistiu da transação.

Outro problema que fez o acordo se arrastar foi o parcelamento do montante oferecido. À espera do dinheiro vindo dos direitos de transmissão da televisão, que só chegará em maio, o Timão gostaria de pagar a primeira das quatro parcelas somente em 2012. Os gringos queriam R$ 22 milhões imediatamente.

Mesmo dizendo abertamente que desejaser negociado por causa de problemas pessoais, Tevez, em nenhum momento, exigiu sua saída. O jogador sequer entrou em contato com os dirigentes do City após a Copa América e deixou o caso nas mãos de seus representantes, o advogado argentino Adrian Ruocco e o agente iraniano Kia Joorabchian.

O Corinthians não culpa o atacante pelo fracasso nas negociações. O clube confiava plenamente que a vontade dele em retornar à América do Sul para ficar próximo da família seria atendida. Durante a Copa América, o jogador chegou a dizer que a proposta alvinegra era forte e que poderia voltar ao clube no qual conquistou o título brasileiro de 2005.

- É difícil falar se ele se esforçou ou não. Ele e o Manchester devem ter se falado durante as conversas – disse o diretor de futebol Roberto de Andrade.

Sem acordo com o Corinthians, Tevez segue com o futuro incerto. Kia tenta negociá-lo com algum clube espanhol, o que, segundo ele, facilitaria a adaptação do jogador. O Juventus-ITA também estaria na disputa.

veja também