MENU

Tevez põe cara a tapa e admite: Argentina merecia a derrota

Tevez põe cara a tapa e admite: Argentina merecia a derrota

Atualizado: Quinta-feira, 7 Julho de 2011 as 11:22

Além de jogador do povo, Tevez é também o jogador da imprensa. Após outro fiasco da anfitriã Argentina na Copa América, desta vez um empate de 0 a 0 com a Colômbia, o atacante do Manchester City foi o único que parou para falar com os jornalistas na zona mista, quebrando até mesmo uma barreira policial colocada para evitar um maior contato dos atletas com os repórteres.

Todos os outros jogadores, inclusive Lionel Messi, passaram sem dar um pio sequer depois de uma hora e meia no vestiário. O meia Banega, que puxava a fila, saiu com as mãos no rosto.

Abatido, Tevez reconheceu que o resultado mais justo seria a vitória do rival, que criou muitas chances claras de gol. Prova disso é que o goleiro argentino, Sergio Romero, foi escolhido o craque do jogo pela organização do torneio.

- A Colômbia merecia ganhar. Jogamos mal. Agora temos que analisar (nossos erros) o mais rápido possível e corrigir os problemas – advertiu Tevez que, após o papo com os jornalistas, seguiu com restante da delegação para o aeroporto de Santa Fé onde um avião fretado rumo a Buenos Aires os esperavam.

Tevez também deu razão à torcida que, no fim da partida, vaiou os jogadores e o técnico Sergio Batista.

- O que vou dizer a eles? Eles estão certos em ficarem de cabeça quente.

Com dois pontos, a Argentina está em uma situação complicada no Grupo A. Os hermanos correm o risco de não se classificarem mesmo se derrotarem a Costa Rica na próxima segunda-feira, em Córdoba. O primeiro lugar está ameaçado, já que os colombianos chegaram aos quatro pontos e estão virtualmente na próxima fase. A Bolívia, que soma um, joga nesta quinta-feira contra os costarriquenhos, em San Salvador de Jujuy, às 19h15m (de Brasília).          

veja também