MENU

Thiago Camilo vence a Corrida do Milhão em SP

Thiago Camilo vence a Corrida do Milhão em SP

Atualizado: Domingo, 7 Agosto de 2011 as 7:14

  Depois de 36 voltas eletrizantes e cheias de alternativa, que arrancaram gritos e aplausos dos torcedores, Thiago Camilo se tornou o mais novo milionário da Stock Car. Líder da temporada, o piloto da RCM Motorsports venceu a sétima etapa, em Interlagos, e embolsou o cobiçado prêmio de R$ 1 milhão. Daniel Serra, em segundo, e Max Wilson, em terceiro, completaram o pódio da terceira edição da Corrida do Milhão.

- Ficamos sem telemetria logo no início da prova. E, para completar, o plug do meu rádio desconectou durante a corrida, então eu não escutava o que o time falava comigo. Pedi a eles que me informassem por placas qual era minha situação em relação aos demais. Usei todos os meus 12 botões de ultrapassagem na primeira metade da corrida, sendo que o último deles foi reservado para a ultrapassagem sobre o Marcos Gomes, que me valeu a liderança - contou o Camilo, que ainda perdeu a direção hidráulica do carro 21 a cinco voltas do fim da prova.

O convidado especial da prova, Jacques Villeneuve, teve participação discreta. Ele largou apenas em 27º, apostou numa estratégia diferente dos demais pilotos e parou logo na sexta volta para reabastecer. O canadense chegou a liderar por algumas voltas antes de fazer a segunda parada e terminou em 18º.

- Não fiquei cansado, porque já corri na Nascar, onde as corridas são mais longas. Achei o carro da Stock Car melhor de guiar em voltas lançadas, como na classificação, mas a corrida foi boa e me diverti - concluiu o campeão mundial de Fórmula 1.

Milionário: Thiago Camilo vibra intensamente ao sair do carro (Foto: Carsten Horst / Stock Car) Depois de uma largada sem incidentes, os carros da RBR ganharam posições. Daniel Serra, que largou em segundo, pulou para primeiro, deixando o pole Marcos Gomes para trás. Já Cacá Bueno ganhou duas posições, assumindo o terceiro posto.

A melhor briga do início da prova começou na sétima volta, entre Cacá, Allam Khodair e Thiago Camilo, pela terceira posição. O tricampeão foi ultrapassado pelos dois adversários no mesmo ponto, a entrada da reta, e caiu para quinto.

O safety car interrompeu a corrida na 12ª volta, porque Giuliano Losacco parou em local perigoso. A relargada aconteceu na 15ª volta. Na seguinte, o líder Daniel Serra abriu a série de pit stops entre os ponteiros. Na volta 17, muitos carros foram para os boxes. Pior para Cacá Bueno, que teve uma parada muito demorada, comprometendo a corrida dele.

Prova se define nas últimas 16 voltas

A partir da 20ª volta, uma disputa espetacular entre alguns dos favoritos à vitória começou a definir as primeiras posições. Pilotos como Thiago Camilo, Daniel Serra, Allam Khodair, Marcos Gomes, Max Wilson, Nonô Figueiredo e Popó Bueno alternaram posições, protagonizaram inúmeras ultrapassagens e trocaram tinta no 'S' do Senna até Camilo abrir vantagem sobre o pelotão e passar a administrar o primeiro lugar.

- Mesmo envolvendo muitos pilotos, a disputa pelo primeiro lugar foi muito intensa e, principalmente, muito limpa. Tanto que vou pedir uma porcentagem ao Thiago por causa da manobra de ultrapassagem dele, onde eu acabei aliviando na hora certa - brincou Daniel Serra, vice-campeão da Corrida do Milhão, que teria o prêmio dobrado por um de seus patrocinadores caso vencesse a prova.

Disputa acirrada: o carro 21 de Camilo puxa o pelotão da frente (Foto: Carsten Horst / Stock car) Campeão de 2010, Max Wilson se juntou aos carros da frente após uma grande corrida de recuperação. O piloto da RC largou em 30º e já era o quarto na 29ª volta. No fim, ainda ultrapassou Nonô Figueiredo para conquistar um lugar no pódio.

- Diferentemente da classificação, nosso carro estava bom para a corrida, e fiz muitas ultrapassagens, disputando posições com pilotos de todos os pelotões. Mas não posso dizer que minha corrida foi a melhor, porque não fiquei com o milhão - disse Max.

Com folga na liderança da prova, Thiago Camilo se benzeu ao abrir a última volta, pediu pelo rádio a oração de toda a equipe e conduziu com fé o carro 21 até a vitória, a 10ª e mais importante da carreira dele.

Confira o resultado final da Corrida do Milhão:

1.º Thiago Camilo (SP/RCM Motorsports), 36 voltas em 1h06min27s374

2.º Daniel Serra (SP/RBR), a 8s417

3.º Max Wilson (SP/RC), a 13s447

4.º Nonô Figueiredo (SP/Full Time), a 13s623

5.º Átila Abreu (SP/AMG Motorsports), a 20s824

6.º Xandinho Negrão (SP/Full Time), a 23s571

7.º Popó Bueno (RJ/A. Mattheis Motorsport), a 25s442

8.º Ricardo Maurício (SP/RC), a 28s317

9.º Julio Campos (PR/RZ), a 29s225

10.º Antonio Pizzonia (AM/Scuderia 111), a 30s002

11.º Marcos Gomes (SP/Full Time), a 31s234

12.º David Muffato (PR/Boettger), a 31s403

13.º Eduardo Leite (SP/Hot Car Competições), a 31s617

14.º Allam Khodair (SP/Vogel), a 32s214

15.º Ricardo Zonta (PR/RZ), a 32s970

16.º Ricardo Sperafico (PR/Amir Nasr), a 33s294

17.º Rodrigo Sperafico (PR/JF Racing), a 34s732

18.º Jacques Villeneuve (CAN/Mico’s), a 35s290

19.º Valdeno Brito (PB/Full Time), a 35s753

20.º Denis Navarro (SP/Bassani), a 38s173

21.º Alan Hellmeister (SP/Scuderia 111), a 39s944

Não completaram:

Cacá Bueno (RJ/RBR)

Lico Kaesemodel (PR/RCM Motorsports)

Luciano Burti (SP/Boettger)

Tuka Rocha (SP/Vogel Motorsport)

Felipe Maluhy (SP/ProGP)

Alceu Feldmann (PR/A. Mattheis Motorsport)

Rodrigo Navarro (SP/JF Racing)

Giuliano Losacco (SP/Hot Car Competições)

Duda Pamplona (RJ/ ProGP)

Tarso Marques (PR/Amir Nasr)

Diego Nunes (SP/Bassani)

Serafin Jr. (AMG Motorsports)

Fonte/; G1

veja também