MENU

Thomaz Bellucci empolga torcida e estreia vencendo no Aberto do Brasil

Thomaz Bellucci empolga torcida e estreia vencendo no Aberto do Brasil

Atualizado: Quinta-feira, 10 Fevereiro de 2011 as 8:45

Mais forte, mais preciso, nem tão consistente. Superior desde o começo, Thomaz Bellucci superou momentos de instabilidade e confirmou o favoritismo em sua estreia no Aberto do Brasil. Empurrado pela animada torcida, que tomava menos da metade dos lugares da quadra central, o número 1 do Brasil e 37 do mundo avançou às quartas de final do torneio na Costa do Sauípe ao derrotar o argentino Carlos Berlocq (66) por 6/4 e 7/5.

Com o resultado, Bellucci fica entre os oito melhores do torneio pelo terceiro ano consecutivo. Em 2009, o brasileiro foi vice-campeão, derrotado pelo espanhol Tommy Robredo. No ano passado, logo depois de conquistar o ATP 250 de Santiago, no Chile, acabou derrotado nas quartas de final pelo compatriota Ricardo Mello.

O número 1 do Brasil começou a partida errando pouco e conseguindo se impor do fundo de quadra, graças a seus golpes mais potentes. Sempre que possível, Bellucci também subia à rede com relativo sucesso. Berlocq, contudo, mantinha seus saques e, consequentemente, o empate no placar. O tenista da casa teve sua primeira chance no sétimo game e não a desperdiçou. A quebra de saque foi mantida até o fim da parcial, que acabou em 6/4.

A inconstância de Bellucci, vista nos torneios anteriores voltou a dar as caras no começo do segundo set. O brasileiro executou duas curtinhas ruins e, depois de um backhand para fora, cedeu seu game de serviço. Berlocq abriu 3/0 na parcial, mas a vantagem não durou muito. Logo, Bellucci reduziu o número de erros e voltou a equilibrar as trocas de bola. No quinto game, cortesia de seguidos erros do argentino, que perdeu dois game points, o brasileiro devolveu a quebra e empatou o jogo.

O tenista da casa conseguiu vencer mais game no serviço do argentino e teve 4/3, com uma quebra de vantagem. A dois games da vitória, Bellucci voltou a vacilar, deixando que Berlocq igualasse o jogo mais uma vez. O argentino deu um último susto no décimo game, quando teve um break point, mas não conseguiu converter. A falha custou caro e, no game seguinte, Bellucci teve uma chance e aproveitou, com um erro de Berlocq.

O próximo adversário do número 1 do Brasil será o veterano argentino Juan Ignacio Chela, de 31 anos e número 39 do mundo, que vem de vitória sobre o polonês Lukasz Kubot.

Por: Alexandre Cossenza

veja também