MENU

Tiger Woods: 'Quero ser um homem melhor'

Tiger Woods: 'Quero ser um homem melhor'

Atualizado: Terça-feira, 6 Abril de 2010 as 12

Em sua primeira entrevista após o escândalo de suas relações extraconjugais, Tiger Woods falou sobre as dificuldades sofridas por ele e por sua família nestes quase cinco meses de polêmica. O número 1 do mundo, que está treinando para a sua reestreia na próxima quinta-feira no Masters de Augusta, agradeceu o carinho que tem recebido em seu retorno ao golfe. Nesta segunda-feira, milhares de fãs prestigiaram os treinos no Augusta National. De acordo com as informações da agência de notícias AFP, era aguardado um público de 40 mil pessoas.

- A recepção de hoje tocou o meu coração. O apoio do público me deixou mais motivado. Muitos fãs me apoiaram, agradeço a todos eles. Tenho uma gratidão enorme por todos - disse Tiger Woods, logo no ínicio da entrevista, na tarde desta segunda-feira.

O golfista americano, que já havia feito um pedido público de desculpas, mostrou-se mais uma vez arrependido por ter traído em diversas ocasiões a sua esposa, a modelo sueca Elin Nordegren.

- Eu preciso e quero ser um homem melhor. Tomei péssimas decisões que feriram muitas pessoas. O que eu fiz no ano passado foi terrível. Causei dor à minha esposa, à minha mãe. Tenho que explicar isso aos meus filhos: "Eu fiz isso". Assumo a responsabilidade - afirmou Tiger, que garantiu que o tratamento contra o vício em sexo continua.

Número 1 do golfe, ele citou as maiores dificuldades que enfrentou depois que o escândalo veio a público.

- Ter que olhar para mim mesmo diante de uma perspectiva diferente e o constante assédio à minha família. Isso me atormentava - desabafou o golfista, que em vários momentos da entrevista citou o apoio de sua mãe, Kultida Woods.

Embora esteja confiante de que fará uma boa reestreia, Tiger admitiu estar nervoso para voltar a competir. Ele também aproveitou para avisar que sua esposa não assistirá às disputas no Augusta National.

- Estou nervoso, mas tenho certeza que será muito bom. Eu fiz coisas horríveis, e muitos fãs estavam lá fora hoje para ver o meu jogo. Isso foi maravilhoso. Quero ficar mais perto deles, mostrar o meu apreço. Quanto aos meus colegas, todos foram ótimos. É incrível como estou recebendo abraços, e é apenas segunda-feira. Estou surpreendido por quão bem recebido fui - revelou o americando, esboçando um sorriso.

Tiger também contou quando e como reconheceu que precisava de um tratamento para curar seu vício. O golfista chegou a ficar internado em uma clínica especializada neste tipo de dependência.

- No Natal, decidi mudar o rumo da minha vida. Aquela foi uma época terrível. Por causa do tratamento, perdi o primeiro aniversário do meu filho. Isso foi muito difícil. Eu juro nunca mais perder outro. É uma coisa de que me arrependo, que provavelmente ficará em mim para o resto da vida.

Antes da retomada oficial da sua carreira, Tiger Woods revelou que teve vontade de jogar. No entanto, explicou que esperou o momento que julgava certo para reaparecer em público.

- Em fevereiro, eu não tinha a intenção de voltar a jogar, mas comecei a dar umas tacadas. Aos poucos, durantes os treinos, me senti como nos velhos tempos. Parecia divertido novamente. Ganhei vários torneios ao longo dos últimos anos, mas eu não estava me divertindo. Por quê? Porque eu estava mentindo o tempo todo. Agora, sinto prazer de novo. Aqui estou eu.

O retorno de Tiger Woods aos campos no Masters de Augusta obrigou a organização do evento a colocar 90 seguranças para cuidar de sua proteção. A competição, que será realizada de quinta a domingo, será a primeira das quatro disputas que compõem o Grand Slam da PGA em 2010.

Entendo o caso

Em novembro do ano passado, Tiger Woods sofreu um acidente de carro depois de uma briga com sua esposa, Elin Nordegren. Após o atleta admitir sua infidelidade em seu site oficial e afirmar ter tido relações com a garçonete Jaimee Grubbs, várias outras amantes de Tiger “apareceram”, fazendo com ele perdesse alguns dos seus patrocinadores.

O atleta admitiu que sofria de compulsão sexual e, no fim de dezembro, foi internado em uma clínica para tratar do vício. Em fevereiro, Tiger pediu desculpas aos fãs e à família publicamente e afirmou que daria prosseguimento ao tratamento.

veja também