MENU

Timão desiste de repatriar Cristian e pode buscar volante na Copinha

Timão desiste de repatriar Cristian

Atualizado: Terça-feira, 17 Janeiro de 2012 as 3:37

Encontrar um reserva imediato para Ralf é a nova dor de cabeça do Corinthians. O sonho de contratar Cristian acabou depois de a campanha para arrecadar doações de jogadores não sair do papel. As opções disponíveis no mercado também não agradam tanto, o que pode fazer o Timão recorrer às categorias de base para fechar o elenco antes do início da Libertadores, em 15 de fevereiro, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela.


A boa campanha da equipe na Copa São Paulo de Futebol Júnior vem agradando à cúpula do futebol. O gerente Edu Gaspar acompanha os jogos disputados em Jaguariúna, região de Campinas, e apresentará uma avaliação ao técnico Tite para decidir se algum atleta será puxado para os profissionais após a competição.


Fernando Gomes, primeiro volante, e Anderson, segundo, ambos de 18 anos, são os titulares do time que venceu os quatro jogos que disputou na Copa São Paulo – Ualefi também atua com frequência. Internamente, a dupla titular recebe elogios dos dirigentes e pode ter uma chance.


Na semana passada, Edu Gaspar já havia destacado o comportamento de alguns jogadores no torneio. O gerente corintiano revelou que pode emprestar atletas da base a clubes de porte médio da Europa – ele mantém conversas com times de Espanha, Portugal e Inglaterra. No ano passado, o zagueiro Marquinhos, o lateral-esquerdo Denner e o meia Matheus treinaram com os profissionais e agora disputam a Copinha. Todos devem ser reintegrados ao time de cima após o torneio.


Cristian: o sonho acabou

O Corinthians não tem mais esperanças de contratar Cristian. A campanha idealizada por um grupo de investidores em que torcedores doariam dinheiro até atingir o valor necessário não vingou até o momento. O vazamento de um vídeo com o jogador convocando a Fiel a aderir ao plano colaborou para o fracasso, na visão dos diretores.
A notícia explodiu na Turquia e não agradou aos dirigentes do Fenerbahce-TUR, que não querem abrir negociação – eles exigem R$ 16 milhões para liberá-lo. O valor é considerado extremamente alto pelo Timão. O clube descarta entrar na sozinho na transação.


Para complicar ainda mais, as opções disponíveis no mercado não empolgaram. O Corinthians não pretende gastar muito dinheiro para contratar um jogador que, inicialmente, seria reserva de Ralf. A ideia é trazer um reforço para compor o elenco e sem salários ou direitos muito elevados. Guilherme, revelação da Portuguesa, também esteve na mira, mas foi descartado pela dificuldade em convencer a Lusa a liberá-lo.
Além de Ralf, o Timão conta com o também titular Paulinho e o reserva Edenílson para a posição de volante. Os garotos Nenê Bonilha e Willian Arão fazem parte do grupo, mas devem ser pouco aproveitados. Na última rodada do Brasileirão, contra o Palmeiras, o técnico Tite improvisou o zagueiro Wallace na função de volante.


veja também