MENU

Timão goleia lanterna Prudente e assume a ponta

Timão goleia lanterna Prudente e assume a ponta

Atualizado: Domingo, 27 Fevereiro de 2011 as 8:27

O Corinthians perdeu recentemente o Fenômeno, mas ganhou um atacante que, até o momento, tem desempenho fenomenal. Neste sábado, Liedson fez mais dois gols e ajudou o Timão a golear o Grêmio Prudente por 4 a 0, no Pacaembu - Fábio Santos, de pênalti, e Dentinho completaram o placar. O atacante chegou a sete gols em apenas cinco jogos pela equipe, já é vice-artilheiro do Paulista e fez a Fiel não ter tempo sequer para lamentar a aposentadoria de Ronaldo. O Alvinegro, com 22 pontos, lidera provisoriamente a competição e precisa torcer contra Mirassol e Palmeiras. As duas equipes não podem passar do empate com Paulista e São Paulo, respectivamente, neste domingo, no encerramento da décima rodada do estadual.

Já o Grêmio Prudente se complica cada vez mais na competição. Com um time fraco, segue segurando a lanterna do Paulistão, com cinco pontos. A derrota deste sábado foi a sétima em dez rodadas. Houve ainda dois empates e uma vitória.

Invicto no torneio, o Corinthians volta a campo pelo Campeonato Paulista no próximo sábado, às 16h, contra o Linense, em Lins. O duelo será no estádio Gilbertão. O Grêmio Prudente, por sua vez, joga na sexta-feira, às 20h30m, contra o Ituano, no estádio Eduardo José Farah, o Prudentão, na cidade de Presidente Prudente.

Atropela, Timão!

Ficou claro desde o início o motivo de o Corinthians estar na briga pela liderança e o Grêmio Prudente ser apenas o lanterna do Paulistão. Com bom toque de bola, o Timão rapidamente envolveu o fraco e atrapalhado time do interior paulista.

Construir uma goleada era apenas questão de tempo. E pouco tempo: 13 minutos. O trio ofensivo formado por Jorge Henrique, Dentinho e Liedson mostrou mais entrosamento e foi para cima do adversário. Dentinho fez grande jogada pela direita e tocou para Paulinho na grande área. O volante foi derrubado por Nino. Pênalti. Na cobrança, Fábio Santos fez 1 a 0.

Foi o terceiro gol do lateral-esquerdo em cinco jogos pelo Corinthians, dois em cobrança de pênalti e outro de falta. Retrospecto que afastou a nuvem de dúvida que se instalou sobre ele após a precoce eliminação na Libertadores. Com a vantagem no placar, o Timão ficou mais solto e o Grêmio Prudente ainda mais atrapalhado.

Melhor para o Alvinegro, que ampliou aos 20 minutos. E o nome do gol foi Liedson. Após chutão do goleiro Julio Cesar, o atacante aproveitou a bobeira da zaga e tocou por cobertura na saída de Márcio.

Soberano no jogo, o Corinthians mostrou que o equilíbrio e o entrosamento pedidos por Tite estão chegando. Não à toa marcou com facilidade o terceiro gol. Aos 29 minutos, Liedson rolou para Morais na grande área. O meia passou para Dentinho dominar e chutar forte de perna direita, marcando um golaço: 3 a 0.

De pênalti, o lateral-esquerdo Fábio Santos deixa a sua marca na goleada (Foto: Ag. Estado) Breca, Timão!

O Timão voltou para o tempo complementar com postura mais tranquila, sem se expor demais. Porém, quando tinha a chance de contra-atacar, os donos da casa eram sempre perigosos. Especialmente quando Morais tentava armar para o trio Jorge Henrique, Dentinho e Liedson.

O camisa 9, aliás, perdeu várias chances de aumentar seu número de gols na competição. Além dos gols perdidos no primeiro tempo, Liedson parou no goleiro Márcio aos 16 minutos, depois de cruzamento rasteiro de Alessandro. Apesar do bom momento, o segundo tempo estava muito aquém do primeiro em emoção.

Sem sofrer pressão, o Timão optou por cadenciar o jogo e só se arriscar na boa. Tite aproveitou, então, para deixar os 11 titulares o maior tempo possível em campo para dar entrosamento, algo que ele cobra bastante nos últimos tempos. E os resultados têm mostrado que o clube está no caminho certo.

Somente aos 30 minutos é que o técnico alvinegro resolveu fazer alteração. Sacou Jorge Henrique, bastante aplaudido, e colocou Bruno César. Mas quem acelerou o jogo e conseguiu marcar o quarto gol do Timão no jogo foi Liedson. Aos 42 , ele recebeu de Bruno César, falhou na primeira tentativa, mas tocou para o fundo do gol.

Liedson, de novo, resolveu. Fenomenal...     por Leandro Canônico

veja também