MENU

Tite defende Julio Cesar das críticas e diz que goleiro salvou o emprego dele

Tite defende Julio Cesar das críticas e diz que goleiro salvou o emprego dele

Atualizado: Segunda-feira, 16 Maio de 2011 as 9:12

  Julio Cesar falhou no segundo gol do Santos na decisão do Campeonato Paulista, mas não recebeu críticas do técnico Tite após a partida. O treinador não quis culpá-lo pela perda do título e deu a entender que o camisa 1 foi o responsável por evitar uma nova crise no Timão com a vitória sobre o Palmeiras, pelas semifinais do estadual.

Na ocasião, Julio Cesar foi o herói corintiano, sobretudo pela má atuação da equipe diante do Verdão. A partida terminou empatada por 1 a 1 no tempo normal e foi decidida nas cobranças de pênaltis. O goleiro defendeu o chute de João Vitor e colocou o Alvinegro na decisão contra o Peixe.

- Não tem herói ou vilão em trabalho de grupo. Futebol é um esporte coletivo. O Julio que falhou é aquele mesmo Julio que fechou o gol contra o Palmeiras. Se ele não tivesse tido aquela atuação, o técnico não estaria mais aqui porque não teria como suportar. Eu tenho caráter para dizer que é impossível suportar duas grandes derrotas – afirmou o técnico, lembrando da eliminação na Libertadores diante do Tolima.

O Corinthians pressionava o Santos em busca do empate quando sofreu o segundo gol. Neymar invadiu a área pela esquerda do ataque e chutou sem tanta força. Julio Cesar se atrapalhou ao segurar, a bola escapou e entrou vagarosamente.

Julio Cesar corre, mas não evita gol do Santos após falhar (Foto: Luiz Fernando Menezes / Agência Estado)

  - Eu não posso culpar a perda por um lance. Futebol não é assim – completou.

Julio Cesar mostrou que sentiu bastante o erro e a derrota para o Santos. O jogador foi o primeiro corintiano a deixar o gramado após o apito final e não quis falar com a imprensa. Em seguida, não apareceu no campo para receber a medalha de segundo colocado.

- É um momento de ter maturidade. O Julio é um grande goleiro e vai continuar trabalhando - completou Tite.        

veja também