MENU

Titular após quatro meses no banco, Cavalieri vai bem em treino

Titular após quatro meses no banco, Cavalieri vai bem em treino

Atualizado: Quinta-feira, 16 Junho de 2011 as 2:56

Quatro meses depois, Cavalieri está de volta ao gol

do Flu (Foto: Caio Amy / Agência Photocamera)

  O Fluminense segue se preparando para o confronto do próximo sábado, contra o Bahia, às 18h30 (de Brasília), no Engenhão, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, o técnico Abel Braga realizou um treinamento tático em campo reduzido e dividiu o grupo em quatro equipes. Na parte final da atividade, o comandante deu atenção especial às cobranças de falta ensaiadas. E o destaque ficou por conta do goleiro Diego Cavalieri com grandes defesas. Sem atuar há mais de quatro meses, exatamente desde o último dia 9 de fevereiro, o camisa 12 será titular diante do Bahia.

No primeiro teste, Edinho e Souza ficavam perto da bola e a rolavam por baixo da perna do outro dependendo de quem seria o batedor: Ciro pelo lado direito e Conca pelo esquerdo. Em seguida, Abel ensaiou outra alternativa, mas dessa vez com a bola na linha da grande área. Souza e novamente Conca era os responsáveis pelas cobranças. Em uma delas, Cavalieri fez linda defesa no ângulo.

Antes do início do treino, em trabalho reunindo apenas os quatro goleiros (Diego Cavalieri, Ricardo Berna, Kléver e Guilherme), o foco principal era a saída de gol. A todo tempo o preparador de goleiros, Marquinhos, orientava seus jogadores. O desempenho de Cavalieri foi bom. Requisitado pelos jornalistas para dar entrevista, ele declarou por intermédio de sua assessoria de imprensa que só dará declarações quando voltar a jogar, até mesmo por respeito a seus concorrentes na posição. Em sua última entrevista exclusiva, no entanto, o camisa 12 disse que estava com a cabeça tranquila e seguia correndo atrás de uma oportunidade para voltar ao time. Mas deixou claro que não pretendia ficar marcado como um eterno reserva em sua carreira.

- Estou bem, treinando e com a cabeça tranquila. Me dou bem com todos os jogadores. Não tenho problema algum e sigo contente. Trabalho todos os dias para voltar ao time. Mas é claro que não quero ficar marcado assim (como reserva). Tenho meus objetivos e espero alcançá-los. Não quero isso para a minha carreira. Preciso de uma sequência de jogos. Joguei apenas cinco vezes pelo Fluminense. É muito pouco para me avaliarem - disse ele, em maio passado, ao GLOBOESPORTE.COM.

A partida contra o Bahia marcará ainda o reencontro do técnico Abel Braga com a torcida do Fluminense. Com seis pontos, o Tricolor ocupa a décima posição no Campeonato Brasileiro.        

veja também