MENU

Torcida bate recorde no ano, mas jogadores querem mais na quarta

Torcida bate recorde no ano, mas jogadores querem mais na quarta

Atualizado: Segunda-feira, 4 Abril de 2011 as 9:59

Contra o Bangu, foram 16.360 vascaínos presentes em São Januário (12.787 pagantes). Este foi o melhor público do estádio nesta temporada e os jogadores fizeram questão de agradecer o apoio incondicional mostrado durante os 90 minutos. Mas, na próxima quarta-feira, quando o Vasco vai decidir a vaga nas oitavas-de-final da Copa do Brasil em sua casa, às 21h50m, eles querem muito mais. O objetivo é transformar São Januário em um verdadeiro caldeirão para intimidar de vez o rival.

O pedido deve mesmo ser cumprido. Ciente da importância da partida, a diretoria fez uma promoção de ingressos reduzindo o preço pela metade. Contra o ABC, as entradas para as cadeiras sociais vão custar R$ 20. Já o ingresso de arquibancada sai por apenas R$ 10.

Os jogadores aprovaram a medida. Para Felipe, os vascaínos precisam fazer o mesmo que a torcida do ABC fez no jogo de ida, lotando o Frasqueirão e pressionando do início ao fim.

- Espero que a nossa torcida esgoste todos os ingressos para quarta-feira. A do ABC empurrou muito lá na casa deles e agora é a nossa vez. Temos um jogo difícil pela frente, uma decisão, mas quando jogamos em casa com este apoio do torcedor fica muito difícil nos bater. Na verdade a gente tem de ser imbatível com eles - afirmou o ídolo vascaíno.

O Vasco precisa de uma vitória simples para seguir adiante na Copa do Brasil, depois do empate em 0 a 0 em Natal. O vencedor do duelo encara o Náutico nas oitavas.      

veja também