MENU

Torcida do Peñarol faz fila e esgota ingressos para a final da Libertadores

Torcida do Peñarol faz fila e esgota ingressos para a final da Libertadores

Atualizado: Segunda-feira, 13 Junho de 2011 as 2:46

O torcedor do Peñarol acordou cedo nesta segunda-feira para comprar os últimos ingressos para a primeira partida da decisão da Taça Libertadores da América, contra o Santos, marcada para esta quarta (às 21h50m, pelo horário de Brasília). Desde às 5h30m várias pessoas já se aglomeravam na porta das lojas "Abitab", uma espécie de casa lotérica popular no Uruguai e responsável pela comercialização dos bilhetes.

Torcedores chegaram cedo e não se importaram com o frio (Foto: Sergio Gandolphi / GLOBOESPORTE.COM)

  Com mais de 700 lojas espalhadas pelo país, a rede utilizou o sistema online de vendas, o que fez com que se esgotassem os bilhetes em menos de uma hora, já que eram menos de 30 mil ingressos à disposição. Desde a última quinta-feira foram colocados à disposição os bilhetes para os sócios do Peñarol, que compraram cerca de 25 mil entradas antecipadas. A capacidade do estádio é de 60 mil lugares.

Para não ficar fora da decisão, o estudante Hernán Pereyra, 18 anos, foi o primeiro a chegar a fila, em uma das lojas da rede. Passou frio durante a madrugada - as temperaturas estavam abaixo dos dez graus -, mas conseguiu a tão sonhada entrada, depois de 30 minutos de atraso para o início das vendas.

Torcedor garante seu ingresso para a partida de quarta

(Foto: Sergio Gandolphi / GLOBOESPORTE.COM)

  - Isso aqui é um sonho pra mim. Cresci esperando ver o Peñarol chegar a uma decisão de Libertadores e agora vou poder assistir ao vivo. Vamos ganhar do Santos, tenho certeza - afirmou Pereyra.

Com a venda de forma online, menos de dez torcedores conseguiram comprar ingressos em uma das casas lotéricas. Apenas 21 entradas foram vendidas, pois o sistema ficou lento e logo apareceu o aviso de que as vendas estavam interrompidas.

- São mais de mil lugares como este fazendo venda de ingressos. Claro que acabaria rápido, até porque não há limite de compra por torcedor - explicou Andrés Di Paolo, 20 anos, um dos poucos a garantir vaga na decisão de quarta-feira.

Sistema online avisa que não existe mais entradas

(Foto: Sergio Gandolphi / Globoesporte.com)

Em muitos pontos houve problemas envolvendo torcedores, que ficaram irritados com a demora das vendas e a ausência de ingressos. Vários policiais foram deslocados para manter a segurança, já que em muitos locais centenas de pessoas se aglomeravam na porta.

- Tivemos muitas ocorrências. Os funcionários avisam que o sistema não está funcionando, ou que os ingressos acabaram e o torcedor não entende, acha que eles não querem vender. E isso faz com que a confusão comece - explicou o policial Carlos Almada, que ficou de moto na porta de uma das lojas supervisionando o movimento.

Mesmo sem saber se mais ingressos serão vendidos para a decisão, muitos torcedores ainda se aglomeram na porta do estádio Centenário e em algumas lojas.

O certo é que, após seis jogos como mandante nesta Libertadores, o Peñarol possui a melhor média de público da competição (46 mil torcedores por jogo). A expectativa é de que no jogo contra o Santos seja o recorde de público da equipe na competição, superando os 53 mil torcedores da semifinal (1 a 0), contra o Vélez Sarsfield-ARG.

A movimentação no Centenário também foi grande (Foto: Sergio Gandolphi / GLOBOESPORTE.COM)

veja também