MENU

Trezentos dias depois, Inter de Milão e Bayern revivem decisão pelas oitavas

Trezentos dias depois, Inter de Milão e Bayern revivem decisão pelas oitavas

Atualizado: Quarta-feira, 23 Fevereiro de 2011 as 9:13

Trezentos dias podem significar uma eternidade para alguns. Para o Bayern de Munique, é a chance de reescrever sua história na Liga dos Campeões diante do responsável pela perda do título. Ao Inter de Milão, a oportunidade de confirmar uma temporada de sucesso sobre o rival. Nesta quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), no estádio Giuseppe Meazza, pelas oitavas de final, italianos e alemães irão se reencontrar pela primeira vez após a decisão no Santiago Bernabéu, há exatos nove meses e um dia.      O que esperamos é colocar em prática de novo o que fizemos contra o Bayern em 2010. Eles vão estudar nosso jogo, mas nós também saberemos como eles vão chegar. A grande vantagem é que temos este gostinho de vitórias e sabemos como disputar estas partidas. A gente viu o tanto que é gostoso disputar um Mundial de Clubes, mas vimos o quanto sofremos para chegar lá. Então vamos dar o máximo para conseguir outro título da Champions. Todo jogador vive de conquistas, não podemos parar – disse o lateral brasileiro Maicon.      

  Para vencer, a equipe do técnico brasileiro Leonardo confiará no faro de gol do camaronês Samuel Eto'o, que deverá ser o único “matador” no time titular, já que Pazzini não pôde ser inscrito por já ter atuado na competição pelo Sampdoria e por Diego Milito estar lesionado. Por outro lado, o meia Kharja, o zagueiro Ranocchia e o lateral-esquerdo Nagatomo estão regularizados.

Também em ascensão, o Bayern chega a Milão motivado. Não com sede de vingança, garantem os jogadores e comissão técnica. Mas por se tratar de Liga dos Campeões. O meia Schweinsteiger, por exemplo, considera seu time até favorito no duelo.

– O Leonardo disse que alguns dos grandes nomes do Inter podem nos assustar, mas eu não concordo. Estive analisando a equipe e considero que o elenco do Milan é mais intimidante. Na verdade, desde o sorteio que todos os jogadores estão ansiosos por voltar a jogar contra o Inter – afirmou Schweinsteiger.

O técnico Louis van Gaal contará com todo seu poderio ofensivo. O quarteto formado por Robben, Ribéry, Müller e Gómez, principal responsável pelo bom momento na temporada, está confirmado. Por outro lado, na parte defensiva há certas inseguranças frequentes, e o treinador vem tentando fazer experiências no setor, as quais nem sempre são bem-sucedidas.

As únicas peças fixas na retaguarda do time de Munique são o goleiro Thomas Kraft, que no começo do ano ganhou a vaga do veterano Jörg Butt, e o lateral-direito Philipp Lahm. Uma das "vítimas" dos testes feitos por Van Gaal é o brasileiro Luiz Gustavo, contratado junto ao Hoffeinheim e que na partida do final de semana, diante do Mainz, foi escalado inicialmente como lateral-esquerdo, passou para a função de volante e terminou o jogo na zaga.      

veja também