MENU

tricampeão em Acapulco

tricampeão em Acapulco

Atualizado: Domingo, 27 Fevereiro de 2011 as 8:37

Depois de dois títulos consecutivos e 13 partidas de invencibilidade, Nicolás Almagro caiu em Acapulco. Muito irritado com seu desempenho em quadra, o espanhol mostrou instabilidade na final do ATP 500 mexicano e abriu caminho para o compatriota David Ferrer conquistar o tricampeonato com a vitória por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (4), 6/7 (2) e 6/2, na madrugada deste domingo.

David Ferrer conquista o tricampeonato no ATP 500 de Acapulco (Foto: AFP)   Almagro, que perdeu apenas sua terceira final em 12 disputadas, chegou a abrir 5 a 2 no primeiro set. Porém, ansioso para fechar a parcial, cedeu uma quebra a Ferrer e ainda cometeu dupla-falta para deixar o placar empatado. Teve chance de vencer novamente no saque, mas desperdiçou. No tie-break, o algoz do brasileiro Thomaz Bellucci na semifinal mexicana fez uma nova dupla-falta e não mostrou resistência às boas defesas do número 6 do mundo, perdendo por 7/6 (4), em 53 minutos.

A irritação de Almagro começou a aparecer mais no segundo set. Quando a parcial mostrava duas quebras para cada jogador, ele errou uma passada e deixou Ferrer empatar em 3 a 3. Ao voltar para a posição do saque, falou sozinho, com expressão fechada, como se xingasse a si mesmo. A revolta pareceu ter dado certo. Com bons saques, o número 13 do mundo levou o set ao tie-break e venceu por 7/6 (2).

Na volta à quadra, porém, Ferrer voltou a dominar o jogo. Logo no primeiro game, quebrou Almagro e abriu caminho para marcar 5 a 1. Após o quinto ponto do espanhol, Almagro foi ao canto da quadra, abaixou a cabeça e foi sacar. Persistente, conseguiu passar pelas devoluções firmes do número seis do mundo e confirmou o game. Mas foi em vão. Em seguida, Ferrer venceu o set por 6 a 2 e confirmou a hegemonia de três anos em Acapulco     Por GLOBOESPORTE.COM Acapulco, México

veja também