MENU

Tricolor vai atrás de paraguaio para solucionar problema na lateral

Tricolor vai atrás de paraguaio para solucionar problema na lateral

Atualizado: Segunda-feira, 18 Julho de 2011 as 9:55

Iván Piris se destacou pelo Cerro Porteño na final

da Libertadores contra o Santos (Foto: agência AP)

  A diretoria do São Paulo tem até a próxima quarta-feira para reforçar o time com atletas que atuam fora do país. E a bola da vez no Morumbi é o nome de Iván Piris, lateral-direito do Cerro Porteño-PAR, que está disputando a Copa América com a seleção de seu país, algoz do Brasil na competição.

O nome do jogador apareceu como segunda opção na lista de reforços para o setor. A primeira alternativa era Alejandro Gonzalez, de 23 anos, do Peñarol-URU, que destacou-se nos jogos contra o Santos, na decisão da Libertadores. Sem avançar nas negociações, os dirigentes mudaram o foco para o lateral do Paraguai.

- Nós estamos tentando trazê-lo. É um jogador jovem (22 anos), muito bom. Espero que a gente consiga o acerto. Seria um grande reforço para o São Paulo - confirmou Milton Cruz, técnico interino do Tricolor antes da chegada de Adilson Batista e responsável pelas indicações de reforços para a diretoria.

Segundo publicação deste domingo do diário paraguaio "La Nación", a negociação com Piris está em torno de US$ 3 milhões e seria toda financiada por um grupo de investimento inglês. De acordo com a nota, com confirmação da diretoria do Cerro, o jogador será apresentado no Tricolor assim que sua participação na Copa América chegar ao fim.

O diretor de futebol do São Paulo, Adalberto Batista, passou os últimos dias fora do país. Neste domingo, ele confirmou que o clube deve anunciar reforços até quarta-feira, quando chega ao fim a janela de transferências do exterior para o futebol brasileiro.

- Não vou falar em nomes, mas até quarta-feira vamos ter novidades - resumiu Adalberto, durante a vitória do São Paulo sobre o Internacional, no Beira-Rio.

Outros nomes

Tricolor sonha com o volante Felipe Melo (dir), do

Juventus (Foto: agência AFP)

  O São Paulo tentou vários reforços da América do Sul nas últimas semanas, mas sem muito sucesso. O zagueiro uruguaio Sebastián Coates está nos planos do clube desde o início do ano. Porém, as boas atuações do jogador no Nacional e a sua convocação para a seleção de seu país para a disputa da Copa América inflacionaram o negócio. Clubes europeus já estão de olho no defensor de apenas 20 anos.

O meio-de-campo argentino Marcelo Cañete, do Boca Juniors-ARG, também esteve perto do Tricolor, e chegou até a vir ao Brasil para fazer exames médicos. Porém, resta um acerto entre o clube argentino e o Tricolor para que o atleta seja oficializado como reforço. Caso não ocorra até quarta-feira, Cañete deve seguir atuando por empréstimo pela Universidad Católica, do Chile.

O volante Denílson está acertado com o São Paulo e deve ser uma das novidades nos próximos dias. O jogador vai atuar no Morumbi por empréstimo, após defender o Arsenal nas últimas temporadas. Outro desejo da diretoria também atua na Europa. O volante Felipe Melo, da Juventus, é um sonho do Tricolor para a sequência da temporada. Pesa contra o negócio o alto salário que o atleta recebe na Itália, e o tempo de contrato com a Juve - até meados de 2014.          

veja também