MENU

Triste, Denilson pede desculpas aos são-paulinos por segunda expulsão

Triste, Denilson pede desculpas aos são-paulinos por segunda expulsão

Atualizado: Quinta-feira, 11 Agosto de 2011 as 2:58

Diante do Ceará, na última quarta-feira, o volante Denilson foi expulso pela segunda vez em um intervalo de apenas 20 dias. O jogador do São Paulo ficou com uma imagem de violento porque, pouco antes da partida, já havia pegado dois jogos de gancho pela expulsão na vitória sobre o Coritiba, no último dia 27. Nesta sexta-feira, por meio de sua assessoria de imprensa, Denilson pediu desculpas à torcida tricolor.

- Estou muito triste por tudo o que aconteceu. Mal consegui dormir na última noite. Peço desculpas e aproveito para agradecer o apoio do torcedor e dos meus companheiros. Garanto que minha história no São Paulo será muito diferente do que vem acontecendo neste recomeço. Quero sempre dar o melhor por este clube – afirmou o volante.

Denilson, que foi revelado nas categorias de base do Tricolor, voltou ao time do Morumbi no último dia 18. Após a partida contra o Ceará, os jogadores são-paulinos isentaram o volante de culpa pela derrota na estreia da Sul-Americana. Ainda de cabeça quente, o próprio Denilson se defendeu no Twitter . Como forma de provar que não é violento, ele ressalta que só recebeu um cartão vermelho em seis anos jogando pelo Arsenal.

- Tenho apenas um cartão vermelho em seis temporadas na Inglaterra. Os dois primeiros amarelos que originaram as expulsões nem merecidos foram. O Inglês e o Brasileiro têm arbitragens diferentes, mas isso não tem a ver com adaptação. Não sou um jogador violento - garante Denilson.

Denilson, sobre expulsão: 'Estou muito triste. Mal consegui dormir' (Foto: Ag. Estado)          

veja também