MENU

UFC planeja MMA no Pan como caminho de entrada nas Olimpíadas

UFC planeja MMA no Pan como caminho de entrada nas Olimpíadas

Atualizado: Sexta-feira, 16 Dezembro de 2011 as 12:19

Lorenzo Fertitta: UFC deve expandir para China e

Índia até 2014 (Foto: Getty Images) Avaliado em mais de US$ 2 bilhões atualmente, o UFC visa um crescimento ainda maior nos próximos anos, tanto financeiramente quanto desportivamente. A companhia vem se movimentando para transforomar o MMA em esporte olímpico, e o primeiro passo para isso pode ser incluir a modalidade na programação dos Jogos Pan-Americanos. A revelação foi feita por Lorenzo Fertitta, coproprietário do UFC, em entrevista exclusiva ao SPORTV.COM .

- Tivemos conversas com diferentes chefes de comitês olímpicos de países diferentes. Temos recepção aberta dessas pessoas. É uma situação que vai levar muito tempo. Estamos trabalhando para talvez, como um primeiro passo, levar o MMA aos Jogos Pan-Americanos. Esse seria um passo estratégico para levar o esporte para a Olimpíada - afirmou o dirigente.

Para Fertitta, a inclusão das artes marciais mistas nos Jogos Olímpicos é tão vantajosa para o Ultimate quanto para o Comitê Olímpico Internacional (COI). - O que temos para levar como esporte é este tremendo público, com o perfil demográfico certo que as Olimpíadas estão procurando. Quando as Olimpíadas de Inverno acrescentaram o snowboard ao seu programa, foi pela audiência, e hoje é um dos eventos mais populares. Acreditamos que este pode ser um dos eventos mais assistidos da Olimpíada. É uma via de mão dupla. Ter o MMA como parte da Olimpíada ajudaria a estatura do UFC, mas nós também trazemos uma audiência maciça de jovens na qual as Olimpíadas se interessam - explicou.

O ano de 2012 será mais um passo importante na expansão global do UFC, que já tem eventos programados para o Brasil, Japão, Canadá, Austrália e Suécia. Fertitta revelou ainda que pretende levar o Ultimate à China e à Índia nos próximos dois anos.

- Temos um escritório em Pequim que abrimos no ano passado. Nosso primeiro show na Ásia será no Japão, depois faremos em Macau, e eventualmente faremos na China Continental provavelmente em 2013. Estamos perto de fazer um grande anúncio na Índia, onde faremos o "The Ultimate Fighter" provavelmente em 2014. Os países do BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) são muito importantes para nós, pois estão crescendo, são mercados emergentes, muito saudáveis e obviamente é onde faz sentido para nós ampliarmos nosso negócio - contou Fertitta.        

veja também