MENU

Um dos melhores ataques pega uma das piores defesas

Um dos melhores ataques pega uma das piores defesas

Atualizado: Sexta-feira, 2 Dezembro de 2011 as 10:07

Damião e Vilson no Gre-Nal no primeiro turno

(Foto: Jefferson Bernardes / Vipcomm) Apenas três equipes no Campeonato Brasileiro levaram mais gols do que o Grêmio, vazado 56 vezes: o Ceará (62), o América-MG (64) e o Avaí (74). Mas a defesa tricolor funcionou no Gre-Nal.

Apenas três equipes no Campeonato Brasileiro marcaram mais gols do que o Inter, dono de 56 comemorações: Fluminense (59), Flamengo (58) e Coritiba (57). Mas o ataque colorado não funcionou bem no Gre-Nal.

O clássico de domingo, desta vez no Beira-Rio, reúne dois setores discrepantes no Brasileirão. O ataque do Inter impulsionou o time a ainda lutar por vaga na Libertadores. Fez, curiosamente, o mesmo número de gols levados pelo Grêmio - as 56 bolas na rede que impediram o time tricolor de lutar por algo melhor do que uma vaga na Sul-Americana, já conquistada.

A ressalva: no primeiro tempo, tudo isso pouco importou. Quem venceu foi o Grêmio. E com um sistema de marcação forte. O maior exemplo foi a anulação da sequência extremamente positiva de Leandro Damião, com gols em seis partidas seguidas. Recém-saído de uma das melhores atuações no ano, com dois gols na final da Recopa, diante do Independiente, o centroavante mal teve espaço para respirar. Foi totalmente controlado, o que faz com que ele lembre com respeite da defesa do Grêmio.

- Naquele jogo, nossa equipe não soube sair da marcação. Eles foram muito bem. (..) A defesa deles tem grandes jogadores. Eles fizeram um grande jogo. Não tem como desmerecer. Temos que saber reverter isso. Temos que sair da marcação, porque também temos grandes jogadores. Mas não adianta só falar. Temos que agir – disse o centroavante.

O Grêmio usa a marcação naquele jogo como ação exemplar. A ideia é repetir o feito neste domingo. E não só anulando Damião.

- Além de marcar o Damião muito bem, nós neutralizados os jogadores que municiam o centroavante. O Grêmio foi melhor naquele jogo, teve mais volume. Temos que ter todo respeito para marcar os jogadores de criação, mas também saber marcar os atacantes – opinou o goleiro Victor.

No Gre-Nal do primeiro turno, o Grêmio teve Saimon e Vilson como dupla de zaga, com Fernando e Fábio Rochemback como volantes. Agora, a novidade pode ser Rafael Marques, mas ele luta contra uma inflamação na canela e tem presença incerta no clássico.

veja também