MENU

Vagner Love admite interesse do Fla, mas diz que segue na Rússia em 2011

Vagner Love admite interesse do Fla, mas diz que segue na Rússia em 2011

Atualizado: Sexta-feira, 18 Março de 2011 as 10:23

O Flamengo ligou, o empresário de Vagner Love atendeu, mas, pelas palavras do próprio atacante, ainda não há motivo para empolgação pelos lados da Gávea. Mesmo decepcionado com a eliminação do CSKA na Liga Europa, nesta quinta-feira, em Portugal, o atacante diz que os planos para 2011 continuam iguais e que, ao menos por ora, ele segue na Rússia.

– Estou sabendo que o Flamengo entrou em contato, mas não existe novidade nenhuma. A derrota do CSKA também não muda nada. Claro que estou chateado, queria seguir adiante no torneio, mas o planejamento para a temporada segue igual – afirmou o jogador, na saída do Estádio do Dragão, onde sua equipe perdeu para o Porto por 2 a 1.

O ano de 2011 marca o centenário do CSKA e Love é considerado pela diretoria como o principal nome da equipe para buscar títulos. Apesar de estar fora da Liga Europa, o time começou neste mês a disputa do Campeonato Russo 2011 (que irá até o meio de 2012) e ainda disputará a Liga dos Campeões 2011/2012.

O que Vagner Love não nega é que continua em contato direto com o Flamengo. Em especial, com um jogador que não esconde que gostaria de vê-lo ao seu lado com a camisa rubro-negra: Ronaldinho Gaúcho.

– Falei com o Ronaldinho pela última vez antes do Fla-Flu. Até brinquei com ele por causa da posição em que ele vem jogando e perguntei "virou centroavante agora?". Ligo sempre para falar com os amigos no Flamengo – acrescentou.

O sonho rubro-negro de contratar Love esbarra no ano do centenário do CSKA. O clube russo conta com o atacante para uma temporada importante, mas que não começou bem.

– Deu tudo errado contra o Porto. Com 1 minuto de jogo já estávamos perdendo. Foi um dia daqueles para esquecer – contou Love, que ainda poderá jogar a fase de grupos da Liga dos Campeões no segundo semestre, além de um Campeonato Russo recheado de brasileiros com as chegadas de Roberto Carlos, Jucilei e Diego Tardelli no Anzhi.      

veja também