MENU

Vaiado após ser substituído, Robinho avalia: 'A torcida tem o direito'

Vaiado após ser substituído, Robinho avalia: 'A torcida tem o direito'

Atualizado: Segunda-feira, 4 Julho de 2011 as 9:44

                                    Robinho deixou o campo na etapa final. Ao sair para a entrada de Fred, o Rei das Pedaladas ouviu uma sonora vaia dos torcedores brasileiros que assistiram ao empate da Seleção por 0 a 0 com a Venezuela, em La Plata, pela Copa América. Porém, ele não reclama. Para o atacante da Seleção Brasileira, a torcida tem sempre razão.     - As vaias são normais. O torcedor paga o ingresso e tem o direito de vaiar. Quando não sai gol, eles têm todo o direito. A torcida me vaiou, o Pato, quase todo mundo. Ninguém quer sair vaiado, mas quando o resultado não acontece, eles têm o direito – afirmou o jogador.

Robinho usou o mesmo discurso dos companheiros ao comentar a atuação da Seleção Brasileira. Segundo ele, o time pecou nas finalizações.

- O nosso time teve um volume maior de jogo, tivemos ocasiões de gols. E quando você joga contra uma equipe de menor expressão e o gol não sai nos 15 primeiros minutos, as coisas se complicam. Foi o que aconteceu – explicou.

No próximo sábado, o Brasil vai encarar o Paraguai, em Córdoba, pela segunda rodada do Grupo B da Copa América. Todas as seleções da chave têm um ponto. Para Robinho, a equipe comandada pelo técnico Mano Menezes só tem a melhorar.

- Saímos daqui tristes, mas com o sentimento de que o time pode evoluir e conseguir resultados positivos lá na frente - afirmou Robinho.          

veja também