MENU

Vaias, faixas e gritos de burro: Roth sofre com a torcida

Vaias, faixas e gritos de burro: Roth sofre com a torcida

Atualizado: Quinta-feira, 24 Fevereiro de 2011 as 9:15

Uma noite com goleada de 4 a 0 sobre o Jaguares tinha tudo para ser pura consagração para Celso Roth. Não foi. O treinador do Inter conviveu com vaias e xingamentos antes, durante e, o mais incrível, até depois da partida no Beira-Rio. A goleada tem o efeito natural de amenizar a bronca, mas parece não ter poder para eliminá-la.

Colorados chegaram a levar faixas e cartazes ao estádio pedindo a saída de Roth. Argumentavam que para o Inter ser tricampeão da América, é necessário demitir o treinador. Conforme corria o jogo, com o time instável em campo, a irritação da torcida ia aumentando. Nas sociais, ele foi chamado de burro até depois de o time gaúcho abrir 3 a 0 no placar. E houve quem o xingasse mesmo após encerrada a partida.

Roth corria risco de demissão. Se o Inter não tivesse uma vitória sólida sobre o Jaguares, era forte a chance de saída do treinador, muito por causa da pressão da torcida. Mas veio o resultado, e ele ganha fôlego para trabalhar.

Mario Bolatti foi o maior destaque da goleada. Fez os dois primeiros gols. Leandro Damião e Oscar fizeram os outros.

- Era um jogo com um pouco de pressão. Serve para dar confiança - disse Oscar na saída de campo.    

veja também