MENU

Valcke minimiza o protesto contra Teixeira e pede paz durante sorteio

Valcke minimiza o protesto contra Teixeira e pede paz durante sorteio

Atualizado: Quinta-feira, 28 Julho de 2011 as 5:31

Jeróme Valcke ao lado de Blatter em evento da Fifa

(Foto: Márcio Iannacca/Globoesporte.com)

  Do Twiiter para as ruas. O protesto que começou na rede social contra o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, vai ganhar as ruas do Rio de Janeiro no próximo sábado, antes do sorteio dos grupos das eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Ciente da ideia de alguns torcedores, o secretário-geral da Fifa, Jeróme Valcke, espera que a ação popular não atrapalhe o andamento do evento.

- Espero que o protesto, se houver, não atrapalhe o evento. Vamos ter que fazer um sorteio com várias equipes e não queremos problemas. À exceção dos Estados Unidos, talvez, nenhum outro país consegue organizar algo sem investimento – falou Valcke. A primeira ação Fifa no Brasil para a Copa do Mundo custou aos cofres da organização local aproximadamente R$ 30 milhões.

O protesto contra Teixeira, no entanto, tem a ver também com os gastos para a construção e reforma de estádios nas 12 sedes.

Em muitas cidades, além da iniciativa privada, há o investimento de dinheiro público, algo que inicialmente estava fora dos planos. Pelo menos no discurso. Valcke, porém, não acredita que esse seja um grande problema e cita exemplos na Europa.     - A Alemanha e mesmo a França, para a Eurocopa de 2016, estão construindo estádios, investindo. É preciso ter dinheiro público quando se trata de infraestrutura, transportes... Tudo que for feito nesse sentido deixará um legado para as cidades que organizarem a Copa. O Mundial acelera o processo – disse Valcke.

Apesar de o Comitê Organizador Local da Copa do Mundo no Brasil ter atribuído à exigência da Fifa o gasto de R$ 30 milhões com o sorteio das eliminatórias – houve ajuda, mesmo que indireta, do poder público -, o secretário-geral da entidade afirmou que foi uma escolha do Rio de Janeiro.

- Isso é uma escolha da cidade. Nós da Fifa não pedimos ao governo ou à prefeitura para gastar esse dinheiro com o evento. Eles decidiram por isso – finalizou.

O sorteio dos grupos das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014 será às 15h deste sábado, na Marina da Glória, no Rio de  Janeiro.

veja também