MENU

Vale o sacríficio por vaga nos Jogos Olímpicos, afirmam atletas da sub-20

Vale o sacríficio por vaga nos Jogos Olímpicos, afirmam atletas da sub-20

Atualizado: Terça-feira, 14 Dezembro de 2010 as 1:10

A pedido do Santos e após a liberação da CBF, o atacante Neymar seguiu de férias e só vai se apresentar à Seleção Brasileira sub-20 na Granja Comary, em Teresópolis, apenas no dia 26. Porém, para outros convocados pelo técnico Ney Franco, perder o período de recesso para disputar o Sul-Americano da categoria não é nenhum problema, mas uma satisfação.

Foi com esse pensamento que os atletas se reuniram na última segunda-feira, na serra do Rio de Janeiro, para iniciar a preparação para o torneio, que dá duas vagas nas Olimpíadas de 2012, em Londres, e quatro para o Mundial, em julho, na Colômbia.   O zagueiro Romário, do Internacional, disputou apenas uma partida da Série A. Porém, o jogador foi peça-chave na conquista do Campeonato Brasileiro sub-23. Mesmo tendo participado ativamente das partidas nas categorias de base, o defensor afirmou que não vê problema em perder as férias para defender a Seleção.

- Estava de folga há dez dias. Participei apenas de um jogo no Brasileiro. Foi o meu primeiro e único confronto da Primeira Divisão. E não vejo problema em estar aqui. Não gosto muito de ficar em casa dormindo e comendo (risos). Mesmo de férias, sempre vou para a praia dar uma corridinha - disse o zagueiro.   O meia Lucas, titular do São Paulo no Campeonato Brasileiro, também não se importou em perder parte das férias para defender a Seleção. O jogador foi um pouco mais além do que o companheiro de equipe.

- Vale muito estar aqui. Quando a questão é Seleção Brasileira, eu nem ligo para as férias. Vou tentar dar o meu máximo aqui para vencer com a Seleção – disse Lucas, que foi convocado uma vez para a Seleção sub-18 para dois amistosos na África do Sul.

Na opinião de Alan Patrick, do Santos, a garotada nem quer saber de ficar em casa.

- Com 19 anos, você quer mais é jogar futebol porque sente prazer para entrar em campo. Vou deixar para descansar quando estiver mais veterano (risos) - brincou o jogador, que passou a ser mais utilizado no Santos após a lesão de Paulo Henrique Ganso.    

veja também