MENU

Vasco empata com Madureira, perde os 100% e duela com o Flu na semifinal

Vasco empata com Madureira, perde os 100% e duela com o Flu na semifinal

Atualizado: Segunda-feira, 8 Fevereiro de 2010 as 12

O Vasco perdeu os 100% de aproveitamento dentro da Taça Guanabara, mas segue invicto na competição e com a melhor campanha. Em uma partida que as duas equipes usaram bem a “cabeça” (três gols foram conseguidos nesse fundamento), o Cruzmaltino empatou com o Madureira por 2 a 2, neste domingo, dia 7, em São Januário, pela última rodada da primeira fase da competição estadual. Agora, o time da Colina, líder do grupo B com 19 pontos, pega o Fluminense, segundo da chave A, na semifinal. Já o Tricolor Suburbano, com 13 e em terceiro, está fora dos quatro melhores.

Autor do gol de empate da equipe da Colina (o outro foi de Nílton), Thiago Martinelli fez uma análise da atuação da equipe neste domingo: "Não conseguimos vencer infelizmente, mas o resultado foi merecido. O time lutou, lutou, mas não conseguimos vencer", encerrou.

O Madureira começou a partida disposto a tirar a invencibilidade do Vasco dentro do Estadual. Prova disso é que, em um vacilo de Élder Granja, Alex Oliveira apareceu para marcar logo aos três minutos. Porém, a alegria do Tricolor Suburbano durou apenas quatro minutos. Nilton levou a melhor em cobrança de escanteio e empatou.

O gol melhorou a equipe do Vasco, que passou a comandar o jogo. Contudo, a zaga do time da casa não repetia as boas atuações anteriores e cedia alguns espaços para o adversário. Como em outras aparições, Coutinho e Dodô eram os destaques positivos da equipe da Colina.

Assita aos gols da partida:

A cada jogada ofensiva os dois se procuravam em campo e contagiavam a torcida. Do outro lado, após um começo inteligente, o Madureira não conseguia trocar passes e começava a dar sinais de que não teria uma resultado satisfatório. Mesmo com a superioridade cruzmaltina, igualdade entre os times para a segunda etapa.

A beleza do gol de cabeça de Nilton foi repetida. Mas pelo time adversário. Após cobrança de escanteio, aos dois minutos, Arthur, que acabara de entrar na vaga de Leandrão, recolocou o Madureira na frente. A partir daí, o jogo mudou.

Observando que tinha de mudar algo, Vagner Mancini promoveu a entrada de Rodrigo Pimpão na vaga de Magno. Com isso, Philippe Coutinho foi recuado para o meio campo. Mais tarde, Rafael Coelho entraria na vaga de Léo Gago.

Contudo, foi quase o Madureira que marcou e novamente com Arthur. Fernando Prass fez excelente defesa aos 22. Coutinho seguia como o principal jogador cruzmaltino e Dodô acabou caindo um pouco de produção.

Mesmo sem jogar bem, aos 27, em mais uma jogada de cabeça, o Vasco empatou a partida. Thiago Martinelli marcou o seu primeiro gol pelo clube. Depois disso, um arremate de Rafael Coelho e uma defesa milagrosa de Fernando Prass aos 47 garantiram o resultado.

veja também