MENU

Vasco recebe o Alianza Lima com obrigação de vencer

Vasco recebe o Alianza Lima

Atualizado: Terça-feira, 6 Março de 2012 as 10:47

Ainda faltam cinco partidas para o fim da primeira fase da Libertadores. Mas em São Januário, a decisão é agora. Depois da derrota em casa na estreia para o Nacional do Uruguai, o Vasco volta a São Januário, nesta terça-feira, às 21h45m (de Brasília), para receber o Alianza Lima-PER. O duelo, válido pelo Grupo 5, é visto como uma final, já que depois haverá apenas mais uma partida no estádio até o fim da fase classificatória.

Vasco e Alianza Lima são as equipes que ainda não pontuaram no grupo. O Libertad-PAR é o líder, com seis pontos, e o Nacional está em segundo, com três - ambos com dois jogos. Como reforços, o técnico Cristóvão Borges vai contar com o meio-campo Allan e o atacante Eder Luis, que, recuperados de lesão, ficam no banco.

Já o Alianza chega ao Rio de Janeiro igualmente pressionado pela necessidade da vitória. Entretanto, apesar da derrota por 4 a 1 para o Libertad na estreia, o time peruano ainda não atuou em casa, o que dá uma certa margem de segurança. Mesmo assim, o clima de otimismo passa longe. O elenco está há três meses sem receber salários e vive momento de protesto. Alguns jogadores ameaçam ir à Justiça para deixar o clube, e o técnico parece estar com os dias contados.

O trio de arbitragem será argentino. Diego Abal apita a partida, auxiliado por Diego Bonfa e Juan Pablo Belatti. O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partida em Tempo Real.

AS ESCALAÇÕES

Vasco: o técnico Cristóvão Borges não confirmou a equipe, mas as maiores novidades deverão estar no banco de reservas. Recuperados de lesão, o meio-campo Allan e o atacante Eder Luis estarão à disposição, e, assim como o argentino Matías Abelairas, estarão relacionados pela primeira vez para a Libertadores. Fagner, que cumpriu suspensão contra o Nacional-URU, retorna ao time. O Vasco deve entrar em campo com Fernando Prass, Fagner, Dedé, Rodolfo e Thiago Feltri; Nilton, Eduardo Costa, Juninho Pernambucano e Diego Souza; Wiliam Barbio e Alecsandro.
Alianza Lima: José Soto optou por armar uma equipe com cinco jogadores no meio para fechar a defesa e jogar no contra-ataque. O time vai a campo com: Libran, Carmona, Ibánez, Ramos e Corrales; Alborracín, González, Bozán, Hurtado e Montaño; José Carlos Fernández.

QUEM ESTÁ FORA

Vasco: o volante Romulo segue em recuperação de um edema ósseo no pé direito. O atacante Carlos Tenorio sofreu ruptura do tendão de Aquiles da perna direita e deve voltar daqui a seis meses. O também atacante Kim está em tratamento por causa de um problema muscular.
Alianza Lima: José Soto não tem desfalque para o jogo.

FIQUE DE OLHO

Vasco: considerado peça ofensiva fundamental para o Vasco, Fagner foi ausência sentida na primeira rodada da Libertadores. O lateral-direito retorna ao time com a função de apoiar o ataque e, assim, empurrar o adversário em seu campo defensivo.
Alianza Lima: meio-campo de 29 anos, o colombiano Johnnier Montaño é a grande estrela do elenco peruano. Mas a partida pode marcar a despedida do jogador, que tem passagens pela seleção de seu país e está no Alianza Lima desde 2008. O meia, que teria recebido sondagens do próprio Vasco no início do ano, entrou na Justiça pedindo liberação do contrato pelo atraso de salários.

O QUE ELES DISSERAM

Cristóvão Borges, técnico do Vasco: “Precisamos de cuidado e atenção para não repetirmos os erros dos jogos anteriores. Os últimos dias foram importantes para conversarmos sobre as falhas e trabalhar em cima delas. Esperamos que o resultado dos treinos venha na hora do jogo.”

José Carlos Fernández, atacante do Alianza Lima: “Os problemas são chatos, mas a gente está tentando esquecê-los. O grupo está unido para fazer um bom jogo porque gostamos do Alianza. Queremos fazer uma boa campanha na Libertadores"

NÚMEROS E CURIOSIDADES

* Esta é a terceira vez que o Vasco enfrenta o Alianza Lima. As duas primeiras partidas foram amistosos disputados no Peru há mais de meio século, com um empate em 1954 e uma vitória vascaína em 1960.
* O Alianza Lima participa de sua 23ª Libertadores, mas não vence uma partida do torneio há dois anos. A última vitória aconteceu em 2010, quando bateu o Bolívar, em Lima, por 1 a 0, ainda pela primeira fase da competição. De lá para cá, foram disputadas seis partidas, com um empate e cinco derrotas.
* Com a partida diante do Alianza Lima, o Vasco só não terá enfrentado equipes da Bolívia na história da Libertadores. O retrospecto vascaíno diante de equipes estrangeiras na competição é de 39 jogos, com 18 vitórias, 11 empates e dez derrotas; com 52 gols marcados e 35 sofridos.

ÚLTIMO CONFRONTO

O último encontro entre Vasco e Alianza Lima foi num amistoso disputado no Peru, no dia 30 de janeiro de 1960. Na ocasião, o Cruz-Maltino atropelou os anfitriões por 6 a 1, com dois gols de Delém, dois de Teotônio e outros dois de Cabrita.

veja também