MENU

Vasco tenta retomar a ponta diante do ameaçado Atlético-PR em Curitiba

Vasco tenta retomar a ponta diante do ameaçado Atlético-PR em Curitiba

Atualizado: Quinta-feira, 13 Outubro de 2011 as 12:14

Atlético-PR e Vasco se enfrentam pela quarta vez em 2011, ano em que viveram trajetórias opostas, principalmente em competições nacionais. O Furacão foi eliminado já nas quartas de final da Copa do Brasil pelo próprio Gigante da Colina, que terminou com o título do torneio. O cenário pouco se alterou no Campeonato Brasileiro. Enquanto o Rubro-Negro busca uma sequência de vitórias para deixar a zona de rebaixamento, o Vasco luta para voltar à liderança da competição. Para retornar ao topo, o clube carioca precisa vencer o jogo, já que o Corinthians perdeu por 2 a 0 para o Botafogo na noite de quarta-feira.

Nos confrontos diretos, o clube da Colina também leva vantagem sobre o Atlético-PR. Além de  ter eliminado o adversário na Copa do Brasil, o Vasco venceu o duelo do primeiro turno, em São Januário. O quarto encontro entre eles está marcado para 20h30m (horário de Brasília) desta quinta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Atlético-PR do Guerrón recebe o Vasco do Felipe na Arena (Foto: Editoria de Arte/Globoesporte.com)

  Para tentar a primeira vitória sobre o Vasco em 2011, o Atlético-PR terá o retorno do atacante Guerrón, que será titular após defender a seleção equatoriana. Por outro lado, a dupla de zaga titular, formada por Fabrício e Manoel, cumpre suspensão. Se vencer, o Furacão chega aos 30 pontos e se aproxima do Cruzeiro, que empatou com o Bahia e foi a 31.   Assim como o clube paranaense, o Vasco também tem o reforço de um selecionável: o zagueiro Dedé, que volta após viajar com a Seleção para o México. Já o volante Eduardo Costa e o meia Juninho Pernambucano seguem fora do time.

O SporTV (menos para o estado do Paraná) e o Premiere mostram a partida para todo o Brasil. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, com vídeo dos principais lances.

Atlético-PR: o atacante Guerrón, de volta ao time após defender a seleção equatoriana, entra no lugar do volante Cléber Santana. O Furacão passa do 4-5-1 para o 4-4-2. Na defesa, Gustavo e Rafael substituem os suspensos Fabrício e Manoel. Com essas três alterações, o Rubro-Negro deve ter Renan Rocha; Edílson, Gustavo Araújo, Rafael Santos e Heracles; Deivid, Renan Foguinho, Paulo Baier e Marcinho; Guerrón e Nieto.

Vasco: a boa noticia para os vascaínos fica por conta do retorno do zagueiro Dedé. Ele esteve com a Seleção Brasileira que venceu o México e se reapresentou na noite da ultíma quarta-feira. Fellipe Bastos entra no lugar do lesionado Eduardo Costa. Com isso, o Vasco deve entrar em campo com Fernando Prass, Fagner, Dedé, Renato Silva e Felipe; Romulo, Jumar, Fellipe Bastos e Diego Souza; Eder Luis e Alecsandro.

Atlético-PR: são seis desfalques. O volante Kleberson e o meia Branquinho, machucados, voltam aos gramados apenas em 2012. O volante Paulo Roberto e o lateral-esquerdo Paulinho também seguem em recuperação no departamento médico. Por fim, os zagueiros Fabrício e Manoel cumprem suspensão.

Vasco: o grande desfalque vascaíno é o meia Juninho Pernambucano. O Reizinho ainda se recupera de uma lesão muscular na panturrilha esquerda. Na ultima terça-feira ele iniciou a preparação física. O volante Eduardo Costa, com dores musculares na coxa direita, também está fora. Não há ninguém suspenso.

Atlético-PR: Guerrón, Marcelo Oliveira, Morro García, Nieto, Renan Rocha e Rodriguinho.

Vasco: Diego Souza, Fagner, Felipe, Jumar, Renato Silva e Rômulo.

Paulo Godoy Bezerra (SC) apita a partida, auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Ângelo Rudimar Bechi (SC). Paulo Godoy participou de sete jogos neste Brasileiro. Aplicou 38 cartões amarelos (média de 5,4) e três vermelhos (média de 0,4), marcou 260 faltas (média de 37,1) e um pênalti na competição, que registra média de 5,1 amarelos, 0,3 vermelho e 35,7 faltas por partida até o início da 29ª rodada. Destes amarelos, 18 foram para mandantes e 20 para visitantes. Ele não apitou nenhum jogo dos paranaenses. Trabalhou em um confronto dos cariocas: São Paulo 0 x 2 Vasco, pela 13ª rodada.

Guerrón, atacante do Atlético-PR: o equatoriano, convocado para defender a seleção equatoriana nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, volta ao time. Com dez gols na temporada, ele é uma das esperanças da torcida rubro-negra para superar o vice-líder.

Felipe, meia do Vasco: após ter retorno discreto ao time no último jogo, a derrota para o Internacional por 3 a 0, Felipe espera ter melhor desempenho agora. O jogador, que ficou parado por quase dois meses em função de uma lesão no joelho direito, começa na lateral esquerda, mas pode trocar de posição com o volante Jumar.

Antônio Lopes, técnico do Atlético-PR: "Papo sobre motivação nós estamos sempre fazendo. Isso é dever da comissão técnica toda, porque é um momento que precisa. O momento que vive o Atlético exige esse trabalho de motivação. Vamos trabalhar em cima de cada jogo. Fiz os jogadores verem que nossa situação só depende da gente".

Cristóvão Borges, técnico do Vasco: "O posicionamento do Atlético-PR na tabela torna o jogo ainda mais perigoso. Seria difícil de qualquer jetio, mas eles vão jogar a vida deles nestas últimas rodadas. A posição deles na tabela é ruim e a ideia é fazer de tudo para mudar. Mas nós não podemos permitir outro resultado que não a nossa vitória ”.

* Quem tem vantagem? Confira o histórico do confronto na Futpédia . * Como mandante, o Atlético-PR venceu quatro, empatou sete e perdeu três partidas no Campeonato Brasileiro. No último jogo na Arena da Baixada, ele fez 2 a 0 sobre o Internacional. Já o Vasco, como visitante, tem seis triunfos, três empates e cinco derrotas. No último jogo, porém, ele levou 3 a 0 do próprio Colorado, no Estádio do Beira-Rio.

* Na Arena da Baixada, o Furacão leva ampla vantagem no histórico do confronto. Pelo Campeonato Brasileiro, foram seis vitórias rubro-negra e dois empates. A única derrota do Furacão para o Gigante da Colina no estádio foi pela Copa Sul-Americana de 2007, quando os cariocas venceram por 4 a 2.

No dia 16 de julho, em São Januário, o Vasco venceu o Atlético-PR de virada. O volante Kleberson abriu o placar aos nove minutos do primeiro tempo. No último minuto da etapa inicial, o atacante Alecsandro empatou. Ele mesmo marcou o gol da virada aos 25 do segundo tempo. O duelo recebeu público total de 12.817.            

veja também